Maria
PDF Imprimir
 
Expandir +

Maria, a Mãe de Deus, esteve presente na vida do Movimento desde os primórdios, e ainda antes, como testemunha o fato de Loreto, em 1939, quando Chiara foi visitar a casa da família de Nazaré. Inúmeras vezes Chiara recordou um episódio, durante um terrível bombardeio que poderia ser fatal para ela suas primeiras companheiras. Naquele instante recordava ter percebido, pessoalmente, algo que se referia a Maria: «Coberta de poeira, que invadia todo o abrigo – ela contava – levantando-me do chão, quase por milagre, no meio dos gritos das pessoas, eu disse às minhas companheiras: “senti uma grande aflição na alma, agora, enquanto estávamos em perigo, a dor de não poder mais recitar, aqui na terra, a Ave Maria”. Naquele momento eu não podia captar o sentido daquelas palavras e daquele sofrimento. Talvez inconscientemente exprimisse o pensamento que, permanecendo ainda vivas, com a graça de Deus, teríamos podido dar graças a Maria com a obra que estava para nascer».

Por isso não surpreende que Obra de Maria seja o nome oficial do Movimento dos Focolares. Nem que tenha chamado “Mariápolis” os seus principais encontros, e que as suas pequenas cidades sejam “Mariápolis permanentes”, e que todos os centros de formação sejam definidos como “Centro Mariápolis”, e que Mariápolis seja também o nome de uma publicação.

Expandir +
 
Artigos
A Desolada
15 Setembro 2014 |
2
 
20140915-a
Neste texto Igino Giordani reflete sobre a vida de Maria como “colaboradora” do Redentor, que na sua desolação torna-se Mãe da família humana.
Maria, «qual celeste plano inclinado»
15 Agosto 2014
 
MariaModelloPerfetto-a
“Maria é pacífica como a natureza, pura, serena, tersa, suave, bela; aquela natureza longe do mundo, na montanha, na campina, no mar, no céu azul ou estrelado”... Um escrito de Chiara Lubich sobre Maria.
Aventura da unidade/Verão de 1949
15 Dezembro 2013
 
ACL-FT-1951
No septuagésimo ano do Movimento continuamos a percorrer a história dos Focolares, as etapas fundamentais do seu nascimento e desenvolvimento, até a sua difusão no mundo inteiro.