Unidade
PDF Imprimir
 
Expandir +

Em Fiera di Primiero, nos primeiros tempos do Movimento dos Focolares

Uma espiritualidade de comunhão, coletiva, como dizia Paulo VI, é o novo caminho de Chiara Lubich, nascido do Evangelho. Mas quais as suas características? Quais os fatos que, desde o início, levaram à certeza de terem nascido para contribuir à unidade dos homens com Deus e entre eles? Vamos descobri-lo juntos.

Em maio de 1944, no porão escuro da casa de Natalia Dallapiccola, para onde ela havia transferido o seu quarto, para proteger-se, de algum modo, dos eventuais bombardeios, à luz de vela Chiara a suas amigas de Trento liam o Evangelho, como já era um hábito para elas. O abriram ao acaso e encontraram a oração que Jesus pronunciou antes de morrer: «Pai, que todos sejam uma coisa só» (Jo 17,21). Este é um texto evangélico extraordinário e complexo, o “testamento de Jesus”, estudado por exegetas e teólogos de toda a cristandade, mas naquela época um pouco esquecido, porque misterioso para a maioria. Aquela passagem de São João poderia parecer não fácil para jovens como Chiara, Natalia, Doriana e Graziella. Mas elas intuíram que aquela seria a “sua” passagem evangélica, a unidade. Num daqueles dias, em Trento, passando sobre a ponte Fersina, Chiara disse às suas amigas: «Entendi que devemos amar-nos como diz o Evangelho: até tornarmo-nos uma coisa só». Mais tarde, no Natal de 1946, elas escolheram como lema uma frase radical: «Ou a unidade ou a morte».

Expandir +
 
Artigos
Klaus Hemmerle: o sacerdote hoje/4
17 Agosto 2014
 
20140817-b
Lugar e significado do sacerdote na Igreja. Última parte do discurso de D. Klaus Hemmerle, então bispo de Acquisgrana (Alemanha), no Congresso internacional de sacerdotes, religiosos e seminaristas, realizado no Vaticano em 30 de abril de 1982.
Klaus Hemmerle: O sacerdote hoje/3
9 Agosto 2014
 
20140809-c
Vida sacerdotal como cristianismo radical. Continua o discurso de D. Klaus Hemmerle, então bispo de Aquisgrana (Alemanha), no Congresso internacional de sacerdotes, religiosos e seminaristas, realizado no Vaticano dia 30 de abril de 1982.
Klaus Hemmerle: O sacerdote hoje/2
2 Agosto 2014
 
2014_07_Klaus_Hemmerle
A atração de hoje - o sacerdote como uma resposta. Continua o discurso pronunciado por D. Klaus Hemmerle, então bispo de Aquisgrana (Alemanha), no Congresso internacional de sacerdotes, religiosos e seminaristas realizado no Vaticano dia 30 de abril de 1982.