Aumentar Fonte Diminuir Fonte PDF email Imprimir
15 Maio 2012
Nos meses de abril e maio, o novo espetáculo do Gen Verde, sobre a figura de Maria de Nazaré, chegou a muitas cidades espanholas.

Burgos, Jerez de la Frontera, Granada, Jaen, Madrid, Talavera de la Reina, Vigo e Canárias. São as cidades percorridas pelo Gen Verde, de um lado a outro da Espanha, com o novo espetáculo centralizado na figura de Maria, como mostra o seu título. “Desde os primeiros acordes – escreve Javier Rubio na revista espanhola Ciudad Nuevaanuncia-se o tema que perpassa uma série de canções inspiradas nela. Mas, mais do que expressões de uma devoção, o que o público percebe é uma passagem constante da pessoa de Maria à experiência de qualquer pessoa, de modo que a história da Mãe de Jesus toca aquela de cada um, e os episódios da sua vida lançam uma luz sobre as vicissitudes do tempo presente”.

Após uma abertura poética, que define Maria como estrela que orienta na escuridão, alternam-se as etapas da sua vida e a Mãe é apresentada com notas e sentimentos de diversas culturas. Ritmos brasileiros, coreanos, africanos e celtas compõem uma espécie de invocação única, que demonstra que o liame que une as pessoas é, de fato, a fraternidade.

E enfim, escreve ainda o diretor da revista espanhola, “surpreende a intensa conjuntura entre a experiência de algumas mães de hoje e o momento vivido por Maria aos pés da cruz, onde foi capaz de superar o sofrimento mais agudo e absurdo. A última palavra é a Ressurreição do Filho, que transforma Maria em Mãe de todos, para sempre”.

Outro aspecto de grande interesse é o trabalho que o Gen Verde desenvolve fora do espetáculo. Trata-se de uma série de workshops, segundo as diversas modalidades artísticas, que mostram a fotografia de um mundo unido, a partir da integração das culturas que o próprio grupo demonstra com a sua internacionalidade. Durante a sua permanência nas cidades elas oferecem um panorama amplo de atividades: canto litúrgico, trabalho e diálogo com estudantes ou nas penitenciárias e encontros para aprofundar os valores universais. O objetivo é propor a fraternidade como modelo de convivência, através da música e da arte.

E também na Espanha a reação das milhares de pessoas que assistiram aos shows e das centenas de estudantes presentes nos workshops, demonstra que este objetivo está próximo.

(500)Regras

angelita de lima valente

23 Maio 2012 at 18:12

QUE MARAVILHA! É RECONFORTANTE VER O EVANGELHO SER LEVADO ATRAVÉS DA HARTE A TODAS AS PESSOAS

Emilia gutièrrez Buada

16 Maio 2012 at 13:23

Ví el espectáculo en Jerez de la Ftra. y me pareció muy elegante,muy globalizado y sobre todo muy de acuerdo con la trayectoria de MARIA en la fé. El escenario y los decorados sencillos pero sorprendentes y con los medios audiovisuales adecuados. !enhorabuena! Seguid así.