Natal com as vítimas do terremoto na Itália central

 
Entrevista com Ação por um Mundo Unido (AMU onlus) e Ação por Famílias Novas (AFN onlus), duas agências de solidariedade dos Focolares. As atividades na fase posterior ao terremoto: ajudas às peqenas empresas e, assim, às famílias.

85cac0a0-2bcc-4b4a-8309-e4f1885ccc58O Natal se aproxima também para os desabrigados do terremoto que aconteceu na Itália central. Sabemos que vocês estão se mobilizando nesta fase após o terremoto. De que maneira?

«AMU e AFN – explica FrancescoTortorella –, coordenadas com o Movimento dos Focolares na Itália, estão levando adiante as ações no pós-terremoto. A partir de agosto foram feitas três visitas aos locais atingidos para estudar as possibilidades de intervir. A primeira necessidade que percebemos foi a de dar apoio às famílias que possuem pequenas atividades agrícolas e de criação e que foram atingidas».

Depois de ter feito um estudo de viabilidade vocês elaboraram um projeto global, do que se trata?

«Nós o chamamos RImPRESA e engloba duas atividades – explica Paola Iacovone . A primeira, que será realizada pelas associações Abbraccio Planetario (Castelos Romanos) e Bread and Fish Foundation (Ascoli Piceno), prevê a constituição de quatro GAS (grupos de compras solidárias) que, por meio de um portal web, adquirirão os produtos das pequenas empresas que sofreram com o terremoto, para garantir o sustento das famílias a longo prazo».

Muitas das empresas atingidas pelo sismo têm dificuldades para recomeçar. Vocês trabalham também com elas?

«Sim. A associação italiana Empresários para uma Economia de Comunhão (AIPEC), com quem colaboramos, promove a segunda atividade do projeto RImPRESA – completa Tortorella – que diz sempre respeito ao apoio às famílias que possuem empresas agropecuárias, por meio do fornecimento de matéria prima, maquinário ou pequenas infraestruturas. Tudo é feito sob a coordenação da Proteção Civil Italiana que possui o quadro completo das empresas atingidas e das ajudas que são distribuídas».

«A nossa – conclui Paola – é uma gota ao lado de tantas outras. Até agora recebemos muitas contribuições, uma parte delas foi destinada a financiar o projeto RImPRESA. Existe ainda a possibilidade de lançar outras ações, que estamos estudando, e que poderemos realizar nos próximos meses.  Os donativos estão chegando e essa soma deverá aumentar nas próximas semanas».

Uma boa notícia para um bom Natal!

Gustavo Clariá

Para quem deseja colaborar:

Ação por um Mundo Unido ONLUS (AMU)Ação por Famílias Novas ONLUS (AFN)

IBAN: IT16 G050 1803 2000 0000 0120 434

na Banca Popolare Etica

IBAN: IT55 K033 5901 6001 0000 0001 060

na Banca Prossima

Código SWIFT/BIC: CCRTIT2184DCódigo SWIFT/BIC: BCITITMX
Motivação : Emergência terremoto (Itália)

 

As contribuições depositadas nas duas contas correntes, com essa motivação, serão administradas conjuntamente por AMU e AFN.

Para tais doações estão previstos benefícios fiscais em muitos países da União Europeia e em outros países do mundo, segundo as normas locais.

Os contribuintes italianos poderão obter deduções e detrações da renda, segundo a normativa prevista para as Onlus, até 10% da renda e com limite de 70 mil euros anuais, e exclusão das doações efetuadas em dinheiro.

Galeria de fotos

Regras(500)

 

Veja também