Pasquale Foresi: a Providência existe

 
Uma inquietação que frequentemente aflige o coração humano é a questão do dinheiro, que nunca é suficiente. São muito tranquilizadoras as palavras do teólogo Foresi (1929-2015), cofundador dos Focolares, que nos fazem recordar a promessa do Pai de intervir e ajudar quem sabe olhar para o Céu.

Providence-a«O mistério da Providência material na vida cristã sempre esteve entre os mais insondáveis, porque está inerente à própria manifestação de Deus como nos foi revelado por Jesus: a Paternidade.

Todos nos angustiamos face às preocupações materiais: os pais e as mães de família que devem economizar para chegar ao fim do mês; os dirigentes de organizações civis ou religiosas para conter as despesas no limite do orçamento. E cada dia assistimos a mutações de povos e de nações que procuram novos equilíbrios econômicos.

Em geral, no plano das coisas econômicas, aquilo que se tem presente é a fria lei da competição. Segundo o que ouvimos tantas vezes, a economia é como a física, como a matemática: tem os seus ciclos e recursos naturais necessários e determinados; tem as suas previsões, os seus inevitáveis desequilíbrios e as suas crises. Pouco se pode mudar, é o que lemos em tantos livros de economia. Nunca num compêndio, porém, encontramos a verdadeira lei que deve regular os fatos econômicos da terra, aquela lei que Jesus proclamou: “Buscai, em primeiro lugar, o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas vos serão acrescentadas (Mt 6,33) e “Não há quem tenha deixado casa, irmãos, irmãs, mãe, pai, filhos ou terras por minha causa ou por causa do  Evangelho, que não receba cem vezes mais desde agora”. (Mc 10,29-30).

Nesta lei descobrimos o mistério da conjugação do divino e do humano. As leis econômicas têm, certamente, o seu valor, mas se não se tem em conta que existe a Divina Providência, a qual regula também os fatos econômicos, jamais se conseguirá entender o porquê de tantos e tão grandes acontecimentos.

Além da terra existe o Céu, e o Céu prometeu intervir para ajudar os pequenos homens da terra desde que eles procurem olhar para ele. Isto não é uma fábula, é a experiência quotidiana de tantos pais de famílias cristãos, é a experiência da Igreja, dos fundadores das Ordens e dos apóstolos da caridade material.

Deus intervém nos fatos humanos sempre que o homem deseje que Ele intervenha, ajustando a isto a sua vida. É a experiência que todo cristão pode fazer».

 

Pasquale Foresi – Palavras de Vida – Cidade Nova, Portugal, 1975 – págs. 38-39

Regras(500)

 

Veja também