Bolívia: acreditaram em mim

 
Anniversary_logoO testemunho de Miriam: ajudada a estudar e a crescer num centro social dos Focolares, decide, por sua vez, ajudar muitos outros, especialmente crianças, em dificuldades. Uma semente de esperança.

2018-02-06-PHOTO-00000544A minha família é composta por mim, minha irmã e minha mãe que nos criou sozinha. Passamos momentos muito críticos: minha mãe se esforçava para encontrar trabalho. Além do mais, havia atritos com a dona da casa, porque não tínhamos dinheiro para o aluguel. Para minha mãe era realmente um calvário administrar o pouco dinheiro que ganhava.

Por isso, foi muito importante o apoio que tivemos através da associação Ação por Famílias Novas onlus (AFN) do Movimento dos Focolares. Dali a pouco, depois, se abriu na região sul da nossa cidade, Cochabamba, o Centro Rincón de Luz, no qual se oferece apoio escolar e uma refeição por dia às crianças e aos adolescentes que frequentam as escolas do bairro.

O Centro foi outra grande ajuda para mim, me devolveu o sorriso e permitiu importantes momentos de formação. No Centro, éramos como uma grande família na qual os professores frequentemente faziam o papel de nossos “segundos pais”.

2018-02-08-PHOTO-00000552Graças às pessoas que confiaram em mim, hoje posso contar com orgulho que terminei o meu curso de estudos com bons resultados e estou seguindo o primeiro semestre na universidade. Logo serei uma profissional.

Vou procurar fazer com que chegue a ajuda recebida às pessoas que tenho ao meu redor, iniciando, por exemplo, pelo Centro para transmitir os meus conhecimentos às crianças.

Gostaria também de abrir um lugar para as pessoas que vivem pela rua, oferecendo a elas um modo de ir em frente. Entendi que se pode mudar a vida de uma criança e lhe indicar o caminho para um futuro melhor. Por isso convido todas as pessoas a ajudarem: todos podemos!

Para mim, a coisa mais importante não foi só a ajuda econômica, mas a confiança que me deram: ela é uma semente de esperança, é uma luz que se acende não só no adolescente, mas também nos seus pais.

Vê o video

Fonte: Teens (nossa tradução)

Regras(500)

 

Veja também