Ramadan

 

Começou no dia 15 de maio e terminará no dia 14 de junho o mês sagrado do Ramadan, período de 29 ou 30 dias durante o qual os fiéis muçulmanos recordam «o mês em que foi revelado o Alcorão – orientação para a humanidade e evidência de orientação e discernimento» (Alcorão, Surata II, versículo 185). Durante tal período, no qual se intensificam a oração e as obras de misericórdia, o jejum da aurora ao pôr-do-sol, para todos os fiéis que podem sustentá-lo, constitui o quarto dos cinco pilares do Islã.

O significado espiritual do jejum, unido à oração e à meditação, da abstinência sexual e da renúncia em geral, segundo muitos teólogos, se refere à capacidade do homem de se autodisciplinar, de exercitar a paciência e a humildade e de se lembrar da ajuda aos mais necessitados e àqueles que são menos afortunados. O Ramadan é, portanto, uma espécie de exercício de pureza contra todas as paixões mundanas, cujos benefícios recaem sobre o fiel o ano inteiro.

Regras(500)

 

Veja também