Scuola AbbàEm 1990 surgiu a “Escola Abba”, um centro de estudos interdisciplinares do qual fazem parte cerca de trinta especialistas.

Desenvolveu-se com a contribuição do bispo Klaus Hemmerle, conhecido teólogo e filósofo, e de alguns focolarinos professores, inclusive de nível universitário, e tem o objetivo de aprofundar o carisma da unidade sob vários pontos de vista. Chiara Lubich  a descreveu em 9 de junho de 2000, num encontro do Movimento, em Castelgandolfo:

«Desde os primeiros tempos do nosso Movimento, sempre houve a consciência de que o carisma da unidade é portador de uma cultura própria, que é, ao mesmo tempo, filha da tradição cristã e nova, pela luz que o carisma traz. Mas foi o crescimento do povo da unidade, a propagação do Ideal para além das próprias estruturas do Movimento dos Focolares, que evidenciou a especificidade dessa cultura, e que demonstrou ser necessário o seu aprofundamento doutrinal: teológico, mas também filosófico, político, econômico, psicológico, artístico, etc. É o que está fazendo aquela que denominamos “Escola Abba”».

Artigos

123