(Português) Presença no Inferno


Ci spiace, ma questo articolo non è ancora disponibile in italiano. Per ragioni di convenienza del visitatore, il contenuto è mostrato sotto nella lingua alternativa. Puoi cliccare sul link per cambiare la lingua attiva.

Presença no infernoNeste livro, Renato Chiera   narra   sobre   o   trabalho   que   desenvolve  e junto às “cracolândias” do Rio de Janeiro, em especial a da  Favela de Manguinhos e ao longo da avenida Brasil. Depositário das  confidências  de  adolescentes,  jovens  e  adultos dependentes do crack – muitas delas retratadas no livro –, o autor identifica possíveis causas do fenômeno nas carências de amor e afeto familiar dos “cracudos”, na sua falta de perspectivas e de oportunidades, na   exclusão   violenta.  Ele avalia   as   atuais   políticas   públicas   para enfrentá-lo,  faz  uma  reflexão  sobre  como  a  sociedade  e  a  Igreja lidam   com   ele,   e   propõe  uma   chave   de   abordagem   e   caminho, percorrido e abalizado pela instituição que ele fundou, a Casa do Menor São Miguel Arcanjo.

Por que ler
As “cracolândias” estão surgindo como uma atuais chagas das metrópoles brasileiras, ante as quais os poderes públicos não sabem como agir.

Fenômeno entrelaçado com a exclusão social, tráfico de drogas, marginalização e violência; as muitas tentativas de abordagem dos dependentes do crack – dispersão, internação forçada, “cercadinhos” etc. – têm sido muito mais “faxinas” e paliativos do que solução.

Há dois anos, Renato Chiera visita semanalmente algumas “cracolândias”  no  Rio   de  Janeiro.   De sua convivência com os drogados nasceu um trabalho que visa a ir à raiz do problema, a ser uma presença – de amor, inclusão, oportunidades – naquele ambiente.

Autor
Renato Chiera   (1942-  ), sacerdote  italiano e doutor em  filosofia, que em 1978 adotou  a Baixada  Fluminense  como sua terra, há mais de trinta anos dedica-se à causa dos meninos de rua. Atua numa comunidade da periferia de Nova Iguaçu (RJ). Fundou, com apoio de uma vasta rede de solidariedade, a Casa do Menor São Miguel Arcanjo (hoje presente em outros Estados do Brasil), que tem como objetivo assegurar a crianças e adolescentes de rua o efetivo exercício do direito à vida, à dignidade e à plena cidadania. É autor de Filhos do Brasil (1996) e Presença (2008), publicados pela Editora Cidade Nova.

 

Cidade NovaMaiores informações:

(11) 4158-8890 / 4158-8893

www.cidadenova.org.br

vendas@cidadenova.org.br

No comment

Lascia un commento

Il tuo indirizzo email non sarà pubblicato. I campi obbligatori sono contrassegnati *