Em uma dimensão fragmentada e dividida como aquela em que vivemos, somos muitas vezes chamados a caminhar para um lugar desconhecido, para as periferias; somos chamados a “sair”, às vezes até de nós mesmos, para entrar nas feridas da humanidade. Este é o testemunho do bairro Yungay, em Santiago do Chile.

No comment

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *