A fraternidade na cidade

 

 Ao grande numero de participantes do 1º encontro de “Jovens pela Paz”, todos muitíssimo interessados na nova visão política e empenhados nas várias iniciativas locais, juntaram-se, no evento de conclusão, aproximadamente 150 jovens, a fim de viverem juntos a “prática da fraternidade na cidade”, em uma região perigosa de Zipaquirà (distante 15 minutos de Tocancipà), habitado por ex-guerrilheiros do M-19 (Movimento de 19 de abril) que cessou suas hostilidades em 1988. Alguns membros do M-19 estão atualmente engajados na política.

As condições da região são de extrema pobreza e criminalidade crescente. Os jovens empenharam-se para conseguir envolver nos trabalhos toda a comunidade: com a venda de enfeites, resultado de uma campanha de arrecadação realizada anteriormente por eles mesmos; ofereceram serviços de cabeleireiro; exames de acuidade visual; ações ecológicas; prepararam uma festa para muitas crianças; um almoço para 2000 pessoas, tudo realizado num clima de amor e envolvimento por parte de quase todos os habitantes do lugar, inclusive o Prefeito e a Câmara Municipal.

No momento da partida, um sentimento comum, colhido através das experiências e das impressões comunicadas: a certeza de que a fraternidade é o único caminho para a paz e a unidade, e que no túnel escuro da dor social no qual vive aquela comunidade, foi plantada uma semente de vida nova.

 

Comments are disabled.