Parigi accoglie Maria Voce

Domingo, 9 de maio. Uma pequena multidão chegou ao teatro de Boulogne-Billancourt, na periferia de Paris. Eram cerca de 600 pessoas, provenientes das regiões do norte da França, Vandea e Alsazia, sem esquecer os da capital e seus arredores e os representantes de várias nações, com um grupo significativo dos Camarões.

No programa alternaram-se momentos impregnados de alegria, de silêncio e de escuta. A Maria Voce e Giancarlo Faletti foram apresentadas a diversidade e a riqueza de empenhos dos membros do Movimento dos Focolares nessas regiões. Na Alsazia, por exemplo, várias iniciativas para favorecer e encontro entre pessoas de diferentes partidos políticos na busca do bem comum; a região Oeste apresentou o seu trabalho com as diversas Igrejas e comunidades eclesiais no projeto Juntos pela Europa, que contou com a participação de 800 pessoas; Ile de France narrou uma experiência de fraternidade entre crianças de diferentes culturas e etnias; um professor, da periferia norte de Paris, falou do trabalho com seus alunos a fim de mudar o clima de violência que reina na escola, colocando em prática os pontos da “arte de amar”, e como a sua experiência difundiu-se em outras escolas. E, enfim, o trabalho realizado nos arredores da Mariápolis permanentes de Arny, no âmbito da Economia de Comunhão, um toque de esperança no tão desorientado mundo econômico.

Na segunda parte do programa Maria Voce respondeu a perguntas sobre vários assuntos, que lhe foram dirigidas numa atmosfera de alegria e liberdade.

Cantos e coreografias, conduzidos por um grupo de jovens, envolveram a todos numa animada dança final.

O dia seguinte iniciou sob a proteção de Maria, no Santuário da Medalha Milagrosa, lugar de peregrinações populares de milhões de pessoas durante o ano. Em seguida a entrevista coletiva, no Centro de Acolhida da Imprensa Estrangeira (CAPAE), próximo aos Campos Elíseos.

No início da tarde houve a visita ao cardeal Vingt-Trois, arcebispo de Paris e presidente da Conferência Episcopal Francesa. Maria Voce falou-lhe sobre a sua recente visita ao Papa. Depois foi acolhida calorosamente pelo núncio, dom Luigi Ventura, com um “café italiano”, sinal de boas vindas.

No final da tarde Maria Voce e Giancarlo Faletti reuniram-se com um grupo de sacerdotes do Movimento, vindos de várias regiões. Dinâmicos, reconhecidos e apreciados em suas dioceses, com frequência são confiados a eles cargos de responsabilidade.

O dia se concluiu com os dirigentes do Movimento (cerca de 40 pessoas) que ofereceram aos hóspedes um panorama rico e diversificado do trabalho desenvolvido na França. Maria Voce colheu a ocasião para insistir na importância deste “coração de onde tudo deve partir”, graças ao amor recíproco entre os membros e a escuta do Espírito Santo, a fim de entender quais as iniciativas que devem ser levadas adiante.

Fonte: www.focolari.fr

Comments are disabled.