Chiara Luce é bem-aventurada – 25 mil pessoas na celebração


Com a cerimônia de beatificação, realizada na tarde do dia 25 de setembro no Santuário do Divino Amor, em Roma, tiveram início as celebrações em honra de Chiara Luce Badano, uma jovem nascida em Sasselo (Savona – Itália), em 1971 e falecida em 1990, vítima de um osteosarcoma, concluindo uma vida marcada por uma fé luminosa e pela adesão à espiritualidade do Movimento dos Focolares.

A cerimônia de beatificação, profunda e alegre, foi presidida pelo prefeito da Congregação para as Causas dos Santos, V. Ema. Dom Angelo Amato, como representante do Papa Bento XVI. “Uma jovem com um coração cristalino”, assim d. Amato definiu Chiara Luce na sua homilia. “Uma jovem moderna, esportiva, positiva – continuou – que num mundo rico de bem-estar, mas frequentemente doente de tristeza e de infelicidade nos transmite uma mensagem de otimismo e de esperança”.

Participaram cerca de 25 mil pessoas, na maioria jovens, provenientes de 57 países, dos cinco continentes. Na área externa do Santuário, super lotada, foram colocados telões. Entre os presentes o prefeito de Roma, Gianni Alemanno.

Mas a festa não terminou ali, prolongou-se até domingo, dia 26, com eventos dedicados especialmente aos jovens, sempre com a presença dos pais da beata, um caso não só raro, mas único, devido à jovem idade de Chiara Badano e à duração da causa de beatificação, muito breve.

No sábado à noite, na Sala Paulo VI, no Vaticano, foi feita uma festa com música e testemunhos, e milhares de pessoas a assistiram também na Praça de São Pedro, ainda graças a vários telões.

No domingo de manhã o secretário de Estado do Vaticano, cardeal Tarcisio Bertone, celebrou uma Missa de Ação de Graças, na Basílica de São Paulo Fora dos Muros. Durante o Angelus, ao meio-dia, o Papa saudou os presentes, numa conexão com a residência de Castelgandolfo onde se encontrava. Em vários países do mundo foram feitos encontros simultâneos, com conexões internet ou pela televisão. No Brasil os dois eventos de sábado foram transmitidos ao vivo pela Rede Canção Nova, e pela Rede Nazaré, para toda a região norte.

Na conclusão da Santa Missa de Beatificação, Maria Voce, presidente do Movimento dos Focolares, expressou o seu agradecimento com estas palavras:

Em primeiro lugar, em nome do Movimento dos Focolares, aqui representado por pessoas de 57 Países dos cinco continentes, agradeço a dom Amato que, em nome do Papa presidiu esta solene e comovente cerimônia.

Agradeço e saúdo todas as autoridades religiosas e civis, todas as pessoas presentes neste santuário ou no jardim que o circunda, e também todos aqueles que seguem este momento pela mídia. Um agradecimento especial justamente a todos os que trabalharam para que este evento tivesse uma dimensão planetária.

Para mim, é uma profunda emoção ver realizado o esplêndido e luminoso projeto de Deus para esta jovem de dezoito anos, que foi se revelando para ela mesma e depois para todos nós; vê-lo reconhecido hoje pela Igreja como primeiro fruto maduro do nosso Movimento. É um momento histórico, uma confirmação, por parte da Igreja, de que a espiritualidade da unidade vivida conduz à santidade.

Quanta gratidão a Deus pelo Carisma que Ele mandou à Terra através de Chiara Lubich e quanta alegria nos nossos corações por esta dádiva que hoje a Igreja nos concede!

Também o Céu vai festejar!

É um novo compromisso. Chiara Luce nos estimula a ir em frente, aliás, a ‘correr’ no caminho da santidade.

Que o seu exemplo seja de luz para a maior número de pessoas possível, e contagie muitos e muitos.

Comments are disabled.