O Genfest na sua casa

O Genfest vai entrar assim na sua casa: uma explosão de cores, música e um estilo de vida contra a correnteza invadirá cada ponto de Terra conquistando a web com tweet, postagens, fotos, amplificando o Estádio Arena em tempo real! Participe também você do Genfest, entrando no Estádio Arena de Budapeste, vendo a direta em streaming!

Eis o programa!

  • Sexta-feira, 31 de agosto:

19.30 recepção preparada pelos organizadores da Hungria e concerto internacional no Estádio Arena (transmitido pela internet)

  • sábado, 1º de setembro:

10.30 -12.30 programa no Estádio Arena (transmitido pela internet)

15.30 – 17.00 programa no Estádio Arena (transmitido pela internet)

21.00 -22.00 (aproximadamente) flashmob na ponte das correntes (tudo será comunicado pelo celular, twitter, facebook, e pode ser que se faça o streaming!!!!)

  • domingo, 2 de setembro:

10.30:

Na praça da Basílica de Santo Estevão, no centro da cidade, Missa católica celebrada pelo cardeal Péter Erdö, arcebispo de Budapeste.

Simultaneamente, nas várias igrejas cristãs que existem em Budapeste, haverá celebrações para os membros das respectivas Igrejas.

Serão propostos encontros de diálogo para os participantes de outras religiões e de convicções não religiosas, num espaço preparado ao lado da basílica.

12.00 saudação conclusiva e time-out pela paz

(das 10 às 12.30 tudo será transmitido pela TV húngara via satélite)

O Genfest no mundo: organize-se com os seus amigos e promova o Genfest na sua cidade! Que tal se unir ao flashmob feito na ponte das correntes, enviando-nos fotos, imagens, postagens da ponte da sua cidade! Será um flashmob mundial que vai gritar ao mundo que a fraternidade universal já está em ação e já está começando nas suas casas!

Para maiores informações escreva para communication@genfest.org


The Genfest 2012 project has been funded with support from the European Commission.
This communication reflects the views only of the author, and the Commission cannot be held responsible for any use which may be made of the information contained therein.

5 Comments

  • La Commissione Europea non poteva non cogliere la straordinaria importanza – non solo simbolica – di quest’evento.
    Ormai è sotto gli occhi di tutti la certezza che il pianeta Terra non può più vivere così frantumato, né sul piano economico né su quello politico.
    Ma soltanto la cultura dell’unità – nata in ambiente ebraico ed europeo (Grecia e Roma) e sviluppatasi nei secoli – può portare al mondo quella comunione nella distinzione “trinitaria”, di cui l’intera umanità e la sua stessa casa terrena necessitano: ormai anche solo per sopravvivere!
    Penso che anche il Parlamento Europeo dovrebbe mettere in agenda, come primissimo impegno in ordine d’importanza, non solo la pienissima integrazione europea – dall’Atlantico agli Urali! -, ma anche ogni iniziativa utile a costruire al più presto un Mondo Unito in un’unica grande Democrazia, in cui ogni cultura, etnia, religione, e sani pensieri creativi siano ascoltati e valorizzati al massimo. Sconfiggendo definitivamente la guerra la fame e l’inquinamento ambientale e – per quanto possibile, data la nostra fragilità – la corruzione morale.

    • Deixe uma resposta

      O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *