Um prêmio para os Jovens por um Mundo Unido da Hungria

Não acontece todos os dias alguém entrar num ministério para receber um reconhecimento oficial. Foi o que aconteceu aos Jovens por um Mundo Unido da Hungria que durante mais de um ano trabalharam intensamente em seu país para a realização do Genfest, o grande evento que reuniu 12 mil jovens de todo o planeta na capital húngara, de 31 de agosto a 2 de setembro de 2012. Entre estes dois mil eram húngaros. Rita e Agoston, dois dos protagonistas, contaram-nos sobre o prêmio recebido no final do mês de novembro.

Por que este prêmio? «No início de outubro o Ministério dos Recursos Humanos enviou-nos uma mensagem comunicando que, como reconhecimento pelo profissionalismo demonstrado no Genfest, seria conferido aos Jovens por um Mundo Unido, do Movimento dos Focolares, um diploma de honra ao mérito. Ficamos contentes e surpresos com esta notícia que rapidamente difundiu-se entre os jovens do Movimento. O ministro, ao aceitar a nossa candidatura, premiava a seção juvenil do Movimento dos Focolares e nos convidava para a premiação que aconteceria no dia 20 de novembro, por ocasião da Jornada Universal dos Direitos da Infância».

A nomeação dos JMU foi proposta por uma pessoa do Ministério que esteve presente na abertura do Genfest, juntamente com o subsecretário de Estado para a família e a juventude, Miklós Soltész. «Ambos – continuam Rita e Agoston – estavam impressionados com o dinamismo, o entusiasmo e a experiência de fraternidade vivida junto com os jovens».

No dia 20 de novembro, portanto, uma delegação formada por cinco jovens que representavam o Movimento dos Focolares e os JMU, foram ao Ministério. «No total foram entregues 14 prêmios, a organizações ou pessoas que desenvolveram um trabalho especial pelas crianças e pelos jovens. Miklós Soltész salientou em seu discurso que os premiados são “modelos”, que com os próprios trabalhos, poesias, escritos, formaram e educaram as crianças, e por meio delas prestaram um serviço também aos pais, com apoio e ajuda em momentos críticos».

Segundo a motivação oficial, a seção juvenil dos Focolares recebeu o diploma de mérito por ter conduzido um evento como o Genfest coletivamente, com eficiência, profissionalismo e de maneira eficaz e exemplar no setor da juventude. Para os JMU esta foi uma agradável surpresa. «Gostamos muito da palavra “coletivamente”, porque demonstra que foi compreendida a nossa intenção de construir a fraternidade universal, vivendo a espiritualidade da unidade».

Perspectivas abertas para os jovens da Hungria, no pós-Genfest, com o Projeto Mundo Unido: «Após a cerimônia o subsecretário de Estado reafirmou o quanto foi importante para ele a experiência feita naquele encontro internacional. Exprimiu ainda a esperança de colaborar conosco no futuro, pelo bem dos jovens. Nós o presenteamos com um número da edição húngara da revista Cidade Nova (Új Város), que trazia artigos sobre o Genfest».

«Junto com tantos jovens que nestes anos nos acompanharam nas várias iniciativas – concluem Rita e Agoston – agora continuamos o nosso caminho na construção de um mundo mais unido, “juntos”, como foi evidenciado na motivação oficial da premiação».

2 Comments

  • Felicitaciones!!!!!!!!!! cuando lo quiero subir en face, sale en italiano, no pasa con el resto de noticias. Gracias!

    • Complimenti! Questo premio lo avete meritato! Aprofito di ringraziarvi per quel’indimanticabile Genfest. Era una grande testimonianza per tutto il mondo. Grazie dal cuore e auguri per tutto. 1Joy

    • Deixe uma resposta

      O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *