As crianças e o Evangelho

«Na escola muitos colegas pedem-me o apontador emprestado, porque é bonito e afia bem os lápis. Eu empresto sempre, mas um dia já me tinham pedido muitas vezes e, quando um colega pediu novamente, respondi que “NÃO!”, com força. Ele voltou para o seu lugar um pouco triste e naquele momento lembrei-me: “Jesus também está nele. Não posso dizer-lhe que não!” Chamei-o, dei-lhe o meu afiador, com um grande sorriso. Vi que ele ficou contente e eu também senti uma grande alegria.

Uma noite, eu, o meu pai e o meu irmão estávamos no sofá, vendo um jogo de futebol. A mãe entrou e disse: “Ninguém se lembra que eu voltei cansada do trabalho e ainda tenho que preparar o jantar? Quem pode ajudar-me a preparar a mesa???”.

Eu queria ver o jogo, mas pensei: ‘Também na minha mãe está Jesus para amar!’. Levantei-me e fui para a cozinha ajudá-la. A minha mãe ficou feliz e o meu time ganhou por 4 a 0!!! ».

(E.M. 8 anos, Itália)

«Gosto de colecionar e jogar com as cartas dos Pokemon, de Yu-gi-oh e as figuras dos jogadores de futebol. Levo-as sempre para a escola. Eu tenho 83 figuras e algumas são raras.

Um dia, ao regressar da escola comecei a ver as minhas cartas de Yu-gi-oh. Um menino que é meu amigo e chama-se Lorenzo, pediu-me uma carta muito valiosa que se chama mariposa de aço branco. No início eu não queria porque eu gosto muito daquela carta, mas depois, para fazer um ato de amor dei-lhe e ele ficou muito contente».

(V.F. – 7 anos, Itália)

«Um dia voltei da piscina muito cansado. A minha mãe pediu-me para arrumar o meu quarto e eu não estava com vontade, porque queria descansar. Depois pensei que Jesus também está na minha mãe. Fui arrumar, senti o meu coração cheio de alegria e não fiquei cansado».

(L.A. – 8 anos, Itália)

No comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *