Maio 2013

Nunca lhe aconteceu receber um presente de um amigo e sentir a necessidade de retribuir? Retribuir, não tanto por obrigação, mas por um verdadeiro amor, cheio de gratidão?

Provavelmente sim.

Se isto acontece com você, imagine então com Deus, com Deus que é Amor.

Ele retribui sempre todo bem que fazemos ao nosso próximo em seu nome. É uma experiência que os cristãos verdadeiros fazem constantemente. E sempre é uma surpresa. Nunca nos acostumamos com a criatividade de Deus.

Poderia citar mil, dez mil exemplos, poderia escrever um livro a este respeito. Você veria como é verdadeira a imagem evocada pela frase: “Recebereis uma medida boa, calcada, sacudida, transbordante”, para explicar a bondade de Deus, a abundância com que ele retribui.

“Já anoitecera em Roma. E, num minúsculo apartamento, um pequeno grupo de moças que procuravam viver o Evangelho – eram os primeiros tempos do Movimento – preparava-se para dormir. Nesse momento toca a campainha. Quem seria àquelas horas? Um senhor estava à porta, em pânico, desesperado: no dia seguinte seria despejado de sua casa, com toda a família, porque não podia pagar o aluguel. As jovens se entreolharam e, de comum acordo, abriram a gaveta onde guardavam o que tinha sobrado de seus ordenados. Deram tudo àquele homem, sem raciocinar. Naquela noite dormiram felizes. Alguém haveria de pensar nelas. Mas, ainda não despontou o dia e já toca o telefone. ‘Estou indo até aí de táxi’ – era a voz daquele homem. Estranhando por ele vir de táxi, as moças esperam. O rosto do hóspede revela que alguma coisa havia mudado: ‘Ontem à noite, logo que cheguei em casa, me entregaram uma pequena herança que eu nem sonhava receber. O coração me diz que devo dar a metade para vocês’. A importância correspondia exatamente ao dobro daquilo que elas generosamente haviam doado” ».

Dai, e vos será dado; recebereis uma medida boa, calcada, sacudida, transbordante.

E você, já fez essa experiência? Se ainda não, lembre-se de que é preciso doar desinteressadamente, sem esperar nada em troca, a quem quer que lhe peça algo.

Experimente. Não para ver o resultado, mas porque você ama a Deus.

Você poderá dizer: mas eu não tenho nada.

Não é verdade. Se quisermos, temos verdadeiros tesouros: o nosso tempo livre, o nosso coração, o nosso sorriso, o nosso conselho, a nossa cultura, a nossa paz, a nossa palavra para convencer aquele que tem bens a partilhá-los com os que não têm…

Você poderá replicar: mas não sei a quem doar. Olhe ao seu redor: você se lembra daquele doente no hospital, daquela mulher, viúva, sempre sozinha, daquele colega tão desanimado porque não se saiu bem na escola, daquele jovem desempregado sempre triste, do irmãozinho que precisa de ajuda, daquele amigo na prisão, daquele aprendiz inseguro? É neles que Cristo espera você.

Assuma o comportamento novo do cristão – do qual o Evangelho está todo impregnado – que é o “antifechamento”. Renuncie a colocar a sua segurança nos bens da terra e apoie-se em Deus. É assim que você mostrará a sua fé nele, a qual logo será confirmada pela retribuição que chegará às suas mãos.

E é lógico que Deus não se comporta assim para enriquecê-lo ou para nos enriquecer. Ele o faz para que outros, muitos outros, vendo os pequenos milagres do nosso dar, façam o mesmo.

Deus faz assim porque, quanto mais tivermos, mais poderemos dar. A fim de que, como verdadeiros administradores dos bens de Deus, façamos circular tudo na comunidade ao nosso redor, até que se possa dizer a nosso respeito o que se dizia da primeira comunidade de Jerusalém: “Não havia nenhum indigente entre eles”. Você não sente que desse modo contribui a dar um espírito autêntico à revolução social que o mundo espera?

Dai, e vos será dado …

Certamente Jesus pensava em primeiro lugar na recompensa que teremos no paraíso; mas tudo o que acontece nessa terra já é um prelúdio e uma garantia disso.

Chiara Lubich


Esta Palavra de Vida foi publicada originalmente em 1978.

8 Comments

  • É verdade, o presente recebido com amor é reconhecido na hora.
    E Deus está sempre nos dando presente, principalmente quando sentimos que alguém tentou destruir a sua vida, nessa hr, a presença e o presente de Deus é tudo.

  • A friend wanted to meet me for lunch one day before she leaves for vacation. That particular day I had planned to do many things before I go on vacation. A friend also wanted a ride to her doctor’s appointment. Instead of saying no to my friends I decided to lose the plans in order to love my neighbors who asked for my “time”.
    My friend cancelled the appointment because she was asked to work that day and my elderly friend did not get an appointment for that day.
    It all worked out in the end

  • Very beautiful Chiara is alive and she will never die!!! thanks so much for the great work you are diong to bring a head this marvellous work of Chiara. Bellissimo ascoltare la voce di Chiara mi smebrava che lei mi parlasse dal cielo la sento molto accanto a me sempre chiedo il suo aiuto e veramente interviene.
    grazie mille per quest’ opportunita’. a million thanks with all my heart

  • LASCIATI GUIDARE

    Tu che ti affanni e cammini
    per la via
    libero di andare dove vuoi,
    fermati.
    Lasciati guidare.
    Tra letti e carrozzine vedrai
    volti che gemono,
    volti segnati dal tempo
    che invocano
    un po’ di compagnia,
    volti che semplicemente sorridono.
    Lasciati guidare dalla Vita
    e il grigiore dei tuoi giorni
    s’illuminerà di luce

  • Our family had purchased a beautiful carpet for our house.but one day my wife decided to give that carpet to her sister. I was a bit sad and it took me a lot of time to say yes. I realised that there is joy in giving and to give till it hurts. We gave this gift with joy.
    After some time our friends went for a holiday to the same place where we had purchased the carpet. In a telephonic conversation they asked us what do you wan from this place? our reply the carpet
    They most willingly got it for us.

  • Estabamos recien casado y teníamos el dinero justo para pagar el agua, la gasolina y algún imprevisto. Volviendo a casa un niño pobre me pide ayuda, y con dudas le doy el dinero de los imprevistos. Cuando se lo cuento a Irene me dice que está bien, que ese niño seguramente lo necesita más que nosotros, que debemos confiar. Por la tarde un familiar llega y nos devuelve una gran cantidad de dinero prestado con el cual ya no contábamos. Con Irene agradecimos juntos al Padre.

  • Queste parole sono vere, le ho sperimentato tante volte ma sento che Dio mi chiede di metterle in pratica oggi, di dare con più coscienza e fidarmi di più di Dio!

  • This WOL is very true On Tuesday I went for work. one of the general workers asked for a little money which I gave freely. These days we are working( I am a teacher) though schools are closed. When I went to the Accounts office to receive what I had worked for, for the day, I was surprised that the Administration had given us some amount we were not expecting. In fact this was five times what I had given the general worker.

    • Deixe uma resposta

      O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *