Maria Voce abre a Assembleia dos Focolares

001-a«Declaro oficialmente aberta a Assembleia». Com estas palavras, a presidente do Movimento dos Focolares, Maria Voce, deu início na manhã do dia 1º de setembro, aos trabalhos do esperado encontro no qual os participantes deverão exprimir-se sobre assuntos fundamentais para a vida do Movimento e eleger a presidente, o copresidente e os conselheiros gerais para os próximos seis anos.

A Palavra de Vida do mês retoma uma frase de São Paulo aos romanos: “Acolhei-vos uns aos outros como Cristo vos acolheu, para a glória de Deus” (Rm, 15,7), e Maria Voce convidou todos os presentes a colocarem-se nessa atitude. Um compromisso que não se dá por descontado, porque aqui estão pessoas realmente de todos os ângulos do planeta e trazem consigo as tragédias de povos em guerra, atingidos por calamidades naturais, provados economicamente.

Foram lidas algumas mensagens, entre as quais a do evangélico Gerhard Pross, da ACM de Esslingen (Alemanha), que escreveu entre outras coisas: «Recebam uma saudação calorosa por ocasião de vossa Assembleia Geral. Estou consciente do quanto seja importante este momento, para cada um pessoalmente e para todo o Movimento dos Focolares. Desejo acompanhá-los nestes dias com uma oração especial, pedindo a presença do Espírito Santo, que seja Ele a conduzir-vos e a guiar-vos».

14907889438_d5d37fd04d_zDo Fon de Fonjumetaw (República dos Camarões) chegaram «Encorajamento e apoio, também em nome dos “fons amigos” do Movimento dos Focolares». Em sua mensagem pediu que fossem aceitos os votos «para a realização desta importante reunião espiritual com o objetivo de levar adiante a herança de Chiara Lubich, o amor recíproco rumo à fraternidade universal».

O Secretário geral da rede dos intelectuais da Esquerda Europeia “Transform!europe”, Dr. Walter Baier, escreveu entre outras coisas: «Une-nos o objetivo de uma humanidade justa, solidária e fraterna, na qual a diferença não é vivida como divisão, mas como enriquecimento. […] Desejo-vos a sabedoria: que possais traduzir o que vos é específico na atualidade, e nisso asseguro-vos a minha proximidade».

Por meio de um vídeo, os participantes concentraram sua atenção na “herança” da fundadora, Chiara Lubich, que respondendo, em várias ocasiões, a quem a questionava sobre o futuro do Movimento após a sua morte, respondia afirmando a sua absoluta confiança que a presença de Jesus entre aqueles que se amam reciprocamente no Seu nome (cf. Mt 18,20), teria continuado a guiar e levar adiante o Movimento.

Com esta premissa foram iniciados os trabalhos, a partir da aprovação do regulamento da Assembleia. Os dias 2 a 4 de setembro serão dedicados a um retiro espiritual.

No comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *