Conclusão da Assembleia 2014

No dia 28 de setembro às 12:30 uma ligação via internet marcou a conclusão dos trabalhos daAssembleia geral dos Focolares. Parte-se com o compromisso de viver como  “homens-mundo”, segundo uma expressão que foi cunhada por Chiara Lubich e lembrada por papa Francisco na audiência de 26 de setembro: “ Homens e mulheres com a alma, o coração, a mente de Jesus e por isso capazes de reconhecer e de interpretar as necessidades, as preocupações e as esperanças que residem no coração de cada ser humano”.
Foi calorosa e aberta durante a audiência a partilha com cristãos de várias Igrejas e com as pessoas que não tem um referencial religioso ali presentes.

O seu mandato aos focolares teve uma grande ressonância nos 494 representantes de 137 países:  foi evidente a consonância com a conclusão a qual chegou a Assembleia geral 2014 depois de três semanas de intenso trabalho – a partir das mais de 3000 solicitações que chegaram de todo o mundo –  resumidas em linhas gerais que orientarão o compromisso do Movimento nos próximos seis anos.

São três as palavras nas quais se concentrou o discurso de Francisco: contemplar ( “imersos na multidão homem ao lado do homem”, citando um pensamento de Chiara Lubich), sair, fazer escola, acompanhadas por um forte convite à gratuidade, à criatividade e à arte do diálogo, “que não se aprende por pouco preço”.

E três palavras relacionadas nas linhas gerais que emergiram da Assembleia: sair, juntos, oportunamente preparados. Trata-se de orientações  que levam como título a finalidade específica dos Focolares “ Que todos sejam um” e que agora as comunidades dos Focolares espalhadas nos diversos continentes aplicarão, de acordo com as necessidades concretas, e as exigências específicas de cada área geográfica.

Ver também:

Contemplar, sair, fazer escola: as 3 palavras de Francisco aos Focolares

Intervista a Maria Voce e Jesús Morán

Assembleia dos Focolares: um percurso de unidade visível

Imprensa

 

 

No comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *