Ser uma mulher de sucesso na Indonésia


MardianaMardiana. Ela chama-se só assim, um nome que na Indonésia, às vezes também é um sobrenome. Este é o seu nome também nos documentes. Atualmente é vice-presidente em nível nacional de uma importante companhia de seguros, multinacional. Recentemente, Heryanto, jornalista de Indopost, entrevistou-a como uma das mulheres de sucesso de Jacarta. A sua história é interessante, e o seu ponto forte é a profunda espiritualidade, vivida com simplicidade e convicção, desde quando, ainda jovem, conheceu os Focolares.

Formou-se, em 1997, em Economia pela Universidade de Medan (ilha de Sumatra), e no ano seguinte casou-se com Mulianta, também ele fascinado pela espiritualidade da unidade. Juntos querem construir uma família sobre bases profundamente cristãs. Nascem duas crianças esplêndidas. A um certo ponto a companhia de seguros onde Mardiana trabalha fecha as portas, mas surge uma nova oportunidade: entrar na Reliance Seguros, outra seguradora com várias sedes no mundo. Muitas vezes, Mardiana deve viajar para a capital, Jacarta (Ilha de Giava), para participar de reuniões de trabalho. Isto é um grande sacrifício para ela, que tanto deseja estar na companhia dos filhos. Mas Mulianta tem confiança nela e sustenta-a, ajudando-a no cuidado das crianças. A seguir, por uma promoção, Mulianta recebe a proposta de um novo cargo em Jacarta, mas nega para ficar ao lado da mulher e dos filhos, e com o seu forte espírito de iniciativa abre uma empresa precisamente em Medan. Transcorrem seis anos durante os quais a agência onde Mardiana trabalha registra uma boa faturação e um alto grau de satisfação dos dependentes. E é neste momento que chega para Mardiana a proposta de se transferir para Jacarta para assumir o cargo de vice-presidente da Reliance Seguros Indonesia.

Mulianta e Mardiana refletem: poderiam também rejeitar a proposta. No fundo também em Medan tudo está indo para frente muito bem. “Mas – pensam – não devemos olhar só para nós mesmos. Devemos interrogar-nos sobre que missão Deus quer confiar para cada um de nós”. E foi precisamente Mulianta que encorajou Mardiana a aceitar, mesmo tendo que deixar a empresa de Medan e encontrar uma nova ocupação em Jacarta. Nos primeiros meses, Mardiana fez contínuas viagens para passar o trabalho ao novo responsável de modo que, na mudança de gestão, o mercado de Medan não sofresse oscilações. «Sou grata a Deus por ter um marido incrível! – confessa Mardiana ao jornalista de Indopost – Se ele não tivesse confiado em mim, eu não teria conseguido». «Partilhamos tudo – conta ainda – sobretudo o empenho de por em prática o amor evangélico que nos leva a ver o próximo como um irmão para ser amado. Por isso, não discriminamos ninguém, independente da posição social: sabemos que somos todos iguais. Independente da cor da pele, da etnia ou religião, para nós somos todos irmãos». Depois conta ao jornalista uma experiência pessoal. «A nossa secretária, que está em nossa casa há muito tempo, é muçulmana. Além de ser honesta e trabalhadora, também é muito inteligente. Assim, fizemos-lhe a proposta – e ela aceitou de bom grado – de cursar a universidade. Muitas pessoas disseram-nos: quando ela tiver uma boa posição, vai deixar a vossa casa e esquecer de vocês. Mas para nós amar significa dar oportunidade aos outros e preocupar-nos com o futuro deles. Ela fará sempre parte da nossa família, mas não devemos pensar que uma secretária deve permanecer para sempre como tal, como também o nosso motorista. Eles também devem poder ter uma vida melhor».

O jornalista, muçulmano, fez um comentário significativo, num dos artigos publicados no Indopost: «Para Mardiana ser branch manager da Reliance estava dentro dos planos de Deus, mesmo sendo um cargo muito estressante, que traz problemas de todos os tipos. Mas ela consegue enfrentar tudo serenamente porque, na base da sua vida, existe o amor que aprendeu da espiritualidade do Movimento dos Focolares, do qual ela e o marido fazem parte. Claro que, mesmo se ela põe toda a sua confiança em Deus, não quer dizer que fique só olhando o que vai acontecer, pelo contrário, realiza o seu trabalho com muito empenho, e isso ela faz desde quando era estudante no colégio e já trabalhava».

4 Comments

  • Great…let’s not forget our source of this Ideal to live always and keep in touch. Since family Is only built One times. Pernandus_Focolare Yogyakarta

  • This is the fruit of the Ideal of Focolare in Indonesia! We would like to say a special thank you to who love and teach us in any situation and condition: Silvio Daneo, Alejandro Poirer (ako), Tarcisio Centis, Heydi, Vanna, Jorge Nikolas, Meg Poiani, Nar, Caloy and all popi and pope.

  • Bagus sekali pengalaman Mardiana. Memberi inspirasi yang mendalam untuk menghargai dan menerima orang lain sama sebagai saudara. Terimakasih kepada Suaminya yang senantiasa mendukung yang terbaik kepada istri. Saya belajar banyak dari pengalaman hidup Mardiana. Terimakasih kepada Focolare..

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *