Dia de oração e jejum


DayofprayerandfastingTambém o Movimento dos Focolares adere, no próximo 23 de fevereiro, ao Dia de oração e jejum pela paz e contra qualquer forma de violência. A iniciativa, lançada pelo Papa Francisco com um anúncio de supresa, diante de 20 mil fieis reunidos na Praça São Pedro, por ocasião do Angelus dominical, refere-se de modo particular às populações da República Democrática do Congo e do Sul do Sudão, atingidas por uma onde violência de grande escala e opressão, sem esquecer todas as situações de conflito que se prolongam em cada parte do mundo.

A iniciativa não é nova: também no passado o Papa Francisco convidou «todos os fieis, inclusive os irmãos e as irmãs não-católicos e não-cristãos», para unirem-se num único momento do oração, com as modalidades consideradas oportunas, para implorarem juntos a dádiva da paz e para questionarem-se sobre qual contribuição cada um pode dar para deter a violência. «As vitórias obtidas com a violência – disse o Papa – são falsas vitórias».

No comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *