Traçar sobre a multidão recamos de luz


ChiaraLubich_3marzo2018

«Eis a grande atração do tempo moderno:
atingir a mais alta contemplação
e manter-se misturado com todos,
lado a lado com os homens.

Diria mais:
perder-se no meio da multidão,
para impregná-la do divino,
como se ensopa um pedaço de pão no vinho.

Diria mais:
partícipes dos desígnios de Deus
sobre a humanidade,
traçar sobre a multidão recamos de luz
e, ao mesmo tempo, dividir com o próximo
a injúria, a fome, os golpes, as alegrias fugazes.

Porque a atração do nosso, como de todos os tempos,
é o que de mais humano e mais divino
se possa pensar: Jesus e Maria,
o Verbo de Deus, filho de um carpinteiro;
a Sede da Sabedoria, mãe de família.

(Chiara Lubich, Ideal e Luz, Editoras Cidade Nova e Brasiliense, São Paulo 2003, pág. 219)

No comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *