Desabamento em Limete (R. D. Congo)


O Movimento dos Focolares acompanha com apreensão as notícias relativas ao incidente acontecido na tarde de ontem na pequena cidade de Limete, ao norte de Kinshasa, capital da República Democrática do Congo. O desabamento de um silo com toneladas de fermento destruiu grandes setores do hospital Miyi Mwa Ntongo, construído em 2006 pelo próprio Movimento.É ainda incerto o balanço das vítimas, acertadas pelo menos duas mortes, entre as quais a de uma senhora que servia na lavanderia e alguns feridos e desaparecidos, assim como a avaliação sofrida nas estruturas e equipamentos.

Em uma nota – publicada no jornal local Actualite.cd – a diretoria do hospital refere que “pacientes em estado grave e gravemente feridos foram transferidos com urgência aos hospitais mais próximos” e que a prioridade neste momento é retirar as pessoas “que ainda estão sob os escombros” e dar apoio aos atingidos.

Danos significativos já foram registrados na estrutura, com a destruição dos departamentos de radiologia, diagnósticos e outros serviços.

Há apenas dois anos foram inaugurados o departamento de maternidade e pediatria e uma sala de cirurgia. O desabamento do silo, de propriedade da sociedade FAD Congo atingiu também outros edifícios vizinhos, entre estes uma fábrica, causando vítimas. O prefeito de Limete, e outras autoridades, foram ao local.

O Movimento dos Focolares exprime profunda participação, une-se ao sofrimento das vítimas e garante a própria proximidade espiritual às famílias atingidas.

2 Comments

    • Deixe uma resposta

      O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *