“…também vós deveis lavar os pés uns aos outros.”

Immagine in evidenza

Esse é um trecho da Palavra de Vida de abril de 2019 que traz um claro convite de Jesus, que lavou os pés dos discípulos por primeiro. É um convite que todos podemos compreender e colocar em prática em todas as situações e contextos sociais e culturais.

O componente que faltava
Trabalho em uma empresa que produz computadores. Procurei por meses um componente eletrônico específico que reduziria muito os custos de um produto, mas nenhum fornecedor havia encontrado. Por isso, decidi projetá-lo eu mesmo e na próxima reunião semanal pediria para adiar a entrega em uma semana, já que era necessário um longo trabalho. Mas, durante aquela reunião, um colega que estava passando por um momento familiar difícil nos comunicou que não havia conseguido terminar o trabalho que havia sido confiado a ele. O diretor geral começou a engrossar a voz com ele e me ofereci para terminar o trabalho em seu lugar. Logo depois, percebi que não teria mais tempo de terminar meu projeto e que teria de chegar tarde em casa todos os dias. Porém, quando voltei ao escritório, encontrei um fornecedor que me esperava sem ter horário marcado. Ele tinha vindo trazer justamente o componente que eu estava procurando.
(M. A. – Itália)

No pátio do prédio
No pátio do condomínio onde moramos, muitos jovens do bairro se encontram para jogar. Entre eles, há Robert, um menino problemático que passa o tempo vagando pelas ruas e frequentemente briga com os outros. Soubemos que seus pais não têm tempo para ele e que o menino frequenta um psiquiatra. Um dia, quando houve uma briga, minha esposa e eu descemos ao pátio e convidamos Robert para subir até nossa casa, onde ficou até de noite brincando com nossos dois filhos, que são mais novos que ele. Nos dias seguintes, sempre que a situação ficava ruim, os meninos o levavam até nossa casa. Depois, ficamos sabendo que Robert contou ao psiquiatra como passava as tardes. Desde que começou a frequentar nossa casa, seu comportamento melhorou de tal modo que pode suspender o uso dos remédios.
(D. H. – EUA)

O ovo de páscoa
Ao me despedir de um amigo doente que fui visitar, sua mulher me entregou um ovo de páscoa para meu filho Cesare. Voltando para casa, o encontrei brincando com um sobrinho que frequentemente vem à nossa casa porque sua família está passando por um momento difícil. Dou uma piscada para o meu filho e entrego o ovo para o primo que fica muito feliz. Cesare entra no jogo e depois, quando ficamos a sós, lhe expliquei que dar um presente nos faz sentir mais próximos de Jesus. De tarde, vem a avó com um ovo de páscoa ainda maior. Feliz, Cesare me diz: “Papai, por que não contamos esse segredo a todos?”.
(Z. C. – Itália)

Uma grande família
Depois de muitas tentativas, um imigrante africano que havíamos acolhido na nossa paróquia conseguiu trazer da África sua esposa e os seis filhos, mas faltava todo o necessário para eles. A construção do alojamento ainda não havia terminado e não havia energia elétrica. Então, me ofereci para lavar as roupas e outros se disponibilizaram a ajudar com a comida e outras necessidades. Esses irmãos experimentaram a alegria de ter encontrado a grande família que haviam pensado ter perdido para sempre ao deixar seu país.
(F. F.- Bélgica)

Por Chiara Favotti

2 Comments

  • Bicicletta
    Lavoro in un ufficio e un giorno nella pausa pranzo, stanca, decido di mangiare un boccone e di fermarmi a riposare su una panchina del paco giochi vicino alle scuole. Ad un certo punto si siede sulla stessa panchina una donna con il velo. Parliamo dei nostri figli e capisco che non parla bene la nostra lingua. Sono alcuni anni che vive in Italia, ha tre bambini e fa la mamma. Bello dico io fare la mamma e lei sorride. Passa di lì un’altra mamma vestita all’occidentale con una bambina per mano e mi guarda piuttosto male. Non faccio caso e continuo come posso la conversazione con la mamma accanto a me sulla panchina. Cerco di scandire le parole e parlare piano, così mi chiede cosa vuol dire “bici” da me appena pronunciata. Allora dico “Bicicletta” e lei sorride e ripete “bici”, aveva imparato una parola nuova.

  • Vou contar um momento que vivemos nessa PÁSCOA, meu nome Sandto casado com Adriana e tenhos dois filhos, minha esposa da aula e na escola um menino pediu ajuda a professora tem um amigo que está tentando se matar, tirar a vida menino 10 anos minha esposa foi ao encontro dele e deu um abraço, e ofereceu ajuda todas as vezes que fui a igreja na semana santa levei ele e sempre conversando e abraçando, e ontem ele foi na sala e deu um abraço em minha esposa e agradeceu pelo que está fazendo em sua vida, a mãe abandonou, o pai deixou com a avó e foi viver com outra família, e se depender de nós não vai ficar no vazio

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *