20 anos “Juntos pela Europa”


Um aniversário importante, festejado com um encontro na Mariápolis ecumênica de Ottmaring e marcado por uma cerimônia na prefeitura de Augsburg (Alemanha).

Foto: © Ursula Haaf

Mais de 300 membros da rede “Juntos pela Europa” (IpE, na sigla em italiano), de 55 Movimentos e novas comunidades de 25 países, reuniram-se de 7 a 9 de novembro na Mariápolis internacional dos Focolares de Ottmaring e na cidade de Augsburg (Alemanha). Um encontro que, este ano, recordou os 20 anos de nascimento de “Juntos pela Europa”. Era o dia 31 de outubro de 1999, por ocasião da solene assinatura da “Declaração conjunta sobre a doutrina da justificação”, realizada na Igreja de Sant’Anna, em Augsburg, quando um grupo de responsáveis de vários grupos cristãos, de diversas igrejas, reuniu-se em Ottmaring, tomando consciência da responsabilidade comum por uma convivência ecumênica na Europa. Depois que os representantes da Federação Luterana Mundial e da Igreja Católica haviam selado, com um documento comum, que as condenações seculares não eram mais válidas, os representantes dos carismas de diferentes confissões decidiram conhecer-se melhor e trabalhar para conciliar as diferenças em suas Igrejas, na sociedade e na política. Com este compromisso iniciaram “Juntos pela Europa”. Uma pequena planta que hoje tornou-se uma iniciativa europeia, à qual uniram-se, com o passar dos anos, mais de 300 comunidades, movimentos e ministérios.

“Nunca como desta vez tantos países estiveram representados em nossos encontros anuais – constatou um dos representantes do grupo dos amigos da rede “Juntos pela Europa” – e a 20 anos de seu nascimento surgiram muitos relacionamentos profundos, inclusive entre pessoas de nações diferentes. Os representantes das igrejas, e também os políticos, apreciam a nossa contribuição”.

Foto: © Ursula Haaf

E isso é demonstrado inclusive pela grande estima que a iniciativa “Juntos pela Europa” goza hoje em Augsburg. Com efeito, os representantes da Europa que estavam no encontro foram convidados para uma recepção no “Salão de Ouro” da prefeitura e o prefeito, Stefan Kiefer, ao recebê-los, salientou os numerosos pontos de contato e objetivos comuns que a rede tem com a cidade. Por ocasião de seu jubileu, a cidade colocou a prefeitura à disposição para o encontro, exprimindo assim sua estima e gratidão. Ao mesmo tempo, a presença de autoridades civis e religiosas demonstrou que a rede desenvolve uma importante função de “ponte” nas Igrejas e na sociedade. “Devemos tornar-nos cidadãos ativos, ter a coragem de defender os fracos, levantar a voz pela justiça”, foi o convite do senador tcheco Pavel Fischer.

A comovente conclusão, com uma oração ecumênica na igreja luterana de Sant’Ana e uma procissão de luzes na praça adjacente à igreja, relembrou a muitos as forças pacíficas que justamente no mesmo dia, 30 anos atrás, levaram à queda do muro de Berlim e a uma era nova, em uma Europa unida. Gerhard Proß, moderador da iniciativa, considerou o “fio de ouro” que coliga estes eventos e viu uma missão para o futuro: “Em tempo de distanciamento e tendência à demarcação queremos ser, com “Juntos pela Europa”, um sinal profético para uma convivência e uma colaboração críveis na Europa”.

Andrea Fleming

www.together4europe.org/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *