#daretocare, ousar e cuidar


No próximo dia 20 de junho, ao vivo pelo YouTube, será lançada a #daretocare, campanha dos jovens do Movimento dos Focolares para “responsabilizar-se” pela nossa sociedade e pelo planeta. Jesús Morán, copresidente do Movimento dos Focolares afirmou: “É preciso ter uma nova agenda ética; o cuidado tem uma grande vocação política e uma forte dimensão global”.

#daretocare”, ou “ousar cuidar”. Os jovens do Movimento dos Focolares levaram a sério as palavras do Papa Francisco e de muitos outros líderes religiosos e civis para colaborar concretamente com o cuidado da Casa Comum. Por meio deste novo percurso, querem, portanto, ser cidadãos ativos e interessar-se por tudo aquilo que acontece no planeta procurando construir um pedacinho de mundo unido.

“Nestes tempos de uma crise humanitária profunda, com o corona vírus, está emergindo uma nova visão”, afirma Jesús Morán, copresidente do Movimento dos Focolares, “ou seja, a necessidade de um modo novo de se comportar, de viver, uma espécie de nova agenda ética, como dizem alguns especialistas. E, nesse contexto, uma categoria está tomando o lugar central, e é aquela do cuidado, da responsabilidade, da atenção ao próximo, à sociedade, ao planeta”.

Ousar cuidar quer dizer, portanto, ser protagonistas na vida de todos os dias para resolver problemas, começar a dialogar para ter uma sociedade melhor, estar atentos ao ambiente e às pessoas de qualquer cor, religião, cultura. Sobretudo hoje, quando o racismo volta a emergir, quando a liberdade dos homens volta a ser ameaçada por regimes totalitários, quando as armas e as guerras querem impor o próprio domínio sobre a paz e a unidade entre os povos.

“O cuidado é uma categoria muito ampla, bela, poliédrica”, continua Morán. “A ética do cuidado tem a ver com a dignidade da pessoa, isso é fundamental, é justamente o coração do cuidado; não é algo íntimo, privado. Pelo contrário, o cuidado tem uma grande vocação política e uma forte dimensão global, mesmo que não deixe de lado o local, porque depois é localmente que cuidamos dos outros, é justamente nos relacionamentos pessoais, na sociedade, no local. Mas essa dimensão global é importante.”

O papa Francisco falou no último dia 24 de maio durante o quinto aniversário da Laudato si’, promovendo um ano especial de reflexão – que vai até 24 de maio de 2021 – para voltar a atenção de todos ao tema do cuidado com a criação. E por criação se entende não só o ambiente que está ao nosso redor, mas também as pessoas, a economia, a política, o social…

Chiara Lubich, a fundadora do Movimento dos Focolares, definia a política como “o amor dos amores”. O político é aquele que está a serviço da própria gente e, conclui Morán, “hoje, mais do que nunca, é preciso ter esse tipo de amor, e a categoria do cuidado o exprime bem, é justamente um concentrado desse amor de que estamos falando. Então a proposta dos jovens do Movimento dos Focolares é esta: colocar o cuidado no centro da política e da nossa vida como cidadãos”.

Portanto, depois de um ano dedicado a ações e projetos sobre a paz, direitos humanos e legalidade, no próximo dia 20 de junho, com a campanha #daretocare, os jovens do Movimento dos Focolares acrescentam outra peça, aquela do “cuidado”, desenvolvida e aprofundada sobre cinco temas principais: escuta, diálogo e comunicação, igualdade, fraternidade e bem comum, participação e cuidado com o planeta. E como fazer isso? Seguindo a metodologia típica dos “pathways”, os percursos que estão percorrendo pelo terceiro ano: aprender, agir e compartilhar.

Então: coragem e ousadia.

Encontro marcado para o próximo dia 20 de junho, às 14h (GMT +2), com um evento online mundial no Youtube para lançar essa grande ideia #daretocare.

Para mais informações, visite o site do United World Project

Lorenzo Russo

No comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *