Chiara Luce Badano: mais viva do que nunca

Argentina, settembre 2019 - credits Fondazione Chiara Badano


Qual é a mensagem da jovem bem-aventurada hoje aos jovens e a todos nós que vivemos os tempos incertos da pandemia? Perguntamos a Chicca Coriasco, a melhor amiga histórica de Chiara Luce, 10 anos após sua beatificação e 30 anos após sua morte.

Em 25 de setembro de 10 anos atrás, éramos vinte e cinco mil dentro e especialmente fora do santuário romano do Divino Amor para celebrar a beatificação de Chiara Badano. Naquele dia, a santidade tornou-se algo mais próximo e acessível para muitos jovens (e não apenas) de todo o mundo, que viram nesta jovem italiana de dezenove anos, alegre e profunda, capaz de viver e morrer por Deus, um modelo alcançável e imitável. Hoje, trinta anos após sua morte, em 7 de outubro de 1990, é impossível calcular quantas pessoas “conheceram” Chiara Luce, basta pensar que exatamente um ano atrás – e antes que a pandemia e o lockdown nos forçassem a formas alternativas de encontro e comunicação – Maria Teresa Badano, a mãe de Chiara e Chicca Coriasco, sua melhor amiga, estavam na Argentina. Em 13 dias viajaram mais de dois mil quilômetros, cruzaram quatro regiões, fazendo com que mais de 8 mil pessoas se encontrassem com Chiara Luce Badano.  Fizemos algumas perguntas a Chicca.

Após 30 anos da sua morte, Chiara Luce continua presente e amada… Como você explica este seguimento por tantos jovens que não diminui, mas cresce com o tempo?
Chiara soube fazer sobressair o melhor naqueles que a rodeavam, e comigo ela sempre teve sucesso, assim como sempre fez com seus pais. Penso que esta maravilha continua a ser feita com todos os que entram em contato com ela, mesmo hoje. Ela nunca fez muitos discursos ou coisas extraordinárias, mas extraordinário foi aquele Sim que ela disse a Deus momento por momento, um passo de cada vez, com simplicidade: é isso que, então como agora, continua conquistando e fascinando muitas pessoas, especialmente os jovens.

Pode nos dizer qual foi o momento mais importante que você viveu com ela?
Foi o pacto que fizemos entre nós em 22 de agosto de 1990. Dissemos uma a outra que aquela que partisse para o céu primeiro ajudaria a outra a chegar lá, enquanto a que ficasse tentaria preencher o vazio deixada pela outra. Trinta anos depois posso dizer que provavelmente houve um plano que foi revelado em cenários que eram então inimagináveis, que adquiriram significado e realização que continuam até os dias de hoje.

O que Chiara Luce tem a dizer aos jovens de hoje?
De vez em quando tenho tentado imaginar Chiara vivendo neste tempo… Provavelmente, assim como  ela foi capaz de fazer em sua vida, ou seja, viver sem nunca se voltar para trás, olhando para frente com coragem e determinação, concentrando-se na beleza que ainda hoje existe, nas novas ocasiões que este cenário de suspensão nos faz descobrir.

Chiara Lubich nos disse que, além do sofrimento de Jesus na cruz, também o nosso era necessário para cooperar na construção de um mundo mais unido: “Uma vida de meias medidas”, disse, “é muito pouco: Deus propõe-lhe algo grande, depende de você aceitá-lo ou não”. Foi a experiência que Chiara Luce fez e nós, seus amigos, fizemos junto com ela. Hoje, mais do que nunca, estas palavras de Chiara Lubich são muito atuais e praticáveis.

Quem é Chiara Luce HOJE para você?
Ela está sempre presente em todos os aspectos da minha vida. Não sei se ela está satisfeita comigo, mas me sinto próximo dela, e espero que ela continue me ajudando a ser fiel aos meus ideais, que eram os mesmos que os dela. No novo livro publicado há um ano e editado pela Fundação, “Nel mio stare il vostro andare”, onde muitas testemunhas diretas contaram sua amizade com Chiara Luce, de repente, eu me voltei diretamente para ela: “Querida Chiara – eu lhe escrevi – eu adoraria abraçá-la novamente e compartilhar com você tantos desafios, suspensões e descobertas íntimas. Mas para dizer a verdade, já foi um pouco assim todos estes anos (….) Continue a nos acompanhar, como você sabe fazer, com seus “toques” e sua presença silenciosa, mas que existe e sempre existiu, eu conto com isso! Te amo, Chicca”.

Quais são os compromissos que a Fundação Chiara Badano planejou para o futuro próximo?
Este ano, devido às restrições sanitárias impostas pela pandemia, não é possível visitar o quarto de Chiara.  Durante os 10 anos da Beatificação, publicamos em seu site oficial (www.chiarabadano.org) um vídeo que retrata esses momentos inesquecíveis. Durante os 30 anos desde sua “partida”, ao invés disso, produzimos outro vídeo que nos permite reviver, através da voz das testemunhas, algo dos últimos dias de Chiara. O vídeo estará disponível no site a partir de 7 de outubro de 2020, a partir das 4h10 (hora do seu falecimento). Finalmente, no dia 25 de outubro, festa litúrgica de Chiara Luce, compartilharemos com o Bispo da Diocese de Acqui e Ator da Causa de Canonização de Chiara, a celebração da missa solene, o “Time out” no Cemitério ao meio-dia e a cerimônia de premiação dos vencedores do Prêmio Chiara Luce Badano. Tudo pode ser acompanhado através de streaming no site. Há também vários eventos que estão sendo organizados ao redor do mundo: a Fundação quer ser o porta-voz e o canal desta luz que brilhará em muitos lugares do planeta.

Stefania Tanesini

2 Comments

  • La conocí a través de un vídeo después de algunos meses de “su vuelo” y recuerdo ese momento como si fuese ayer. El amor que ella generó durante su vida permanece y la hace viva hoy. Gracias por recirdarla

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *