Bartolomeu I, Patriarca Ecumênico de Constantinopla, visita o Centro Internacional do Movimento dos Focolares


Sua Santidade Bartolomeu I, Patriarca Ecumênico de Constantinopla, visitou hoje o Centro internacional dos Focolares em Rocca di Papa, Itália. 

“Chiara assumiu um compromisso com a fraternidade, unidade e paz em todas as áreas da vida humana, dando-nos uma mensagem através de sua vida e de seus escritos, que não podemos ignorar”. Com estas palavras, o Patriarca Bartolomeu I, Patriarca Ecumênico de Constantinopla, lembrou na manhã de hoje (20/10) Chiara Lubich, fundadora do Movimento dos Focolares, visitando o Centro Internacional dos Focolares em Rocca di Papa, Itália. O Patriarca está em Roma para o Encontro Internacional de Oração pela Paz promovido hoje no Monte Capitólio pela Comunidade de Sant’Egidio e a premiação amanhã de um Doutorado Honoris Causa em Filosofia na Universidade Antonianum. O Patriarca também terá um encontro com o Papa Francisco.

“O Movimento e todas as obras que existem hoje, graças ao seu carisma – disse ele – são o testemunho de uma vida doada ao Senhor, passada também pela Cruz, mas sempre voltada para a Ressurreição”.

©J. García – CSC Audiovisivi

A visita do Patriarca realiza-se no ano do Centenário do nascimento de Chiara Lubich: “Quantas outras coisas Chiara teria feito se ainda estivesse entre nós! – disse Bartolomeu I ao recordá-la: “Mas não são os anos que dão sentido à vida, não é a quantidade, a duração, mas a forma como empenhamos os talentos que Ele nos ofereceu, é a qualidade de vida, gasta para dar testemunho d’Aquele que é Vida”.

O Patriarca chegou no final da manhã em Rocca di Papa. Foi recebido pela Presidente do Movimento, Maria Voce, o Co-Presidente Jesús Morán. Com eles visitou a casa onde Chiara Lubich morava e a capela do Centro Internacional onde se encontra o túmulo da fundadora do Movimento dos Focolares, onde ele deixou uma longa dedicatória escrita em grego no Livro dos Visitantes. Em seguida, no Auditório, em conformidade com as normas de saúde e segurança, foi realizada uma breve reunião entre o Patriarca e alguns membros do Conselho Geral dos Focolares, alguns membros do Movimento pertencente à Igreja Ortodoxa e uma pequena delegação de jovens.

©J. García – CSC Audiovisivi

O Patriarca também teve palavras de afeto e estima por Maria Voce, a quem chamou de “querida irmã”, “cuja amizade conosco e com nosso Patriarcado Ecumênico é longa e sólida, desde os anos de sua estada em Constantinopla onde verdadeiramente deixou uma marca indelével do ministério da fraternidade, da unidade e do amor por todos”. “Tendo chegado ao final de seu mandato como Presidente – disse novamente a Maria Voce – queremos agradecer-lhe também por sua grande contribuição ao trabalho; a memória que temos dela, como todos vocês, está em nossos corações, e ela certamente continuará o carisma onde o Senhor a chamará”.

Foram apresentados ao Patriarca noticias sobre alguns eventos organizados para o centenário de Chiara Lubich e alguns jovens do Movimento dos Focolares falaram sobre o “United World Project” que, com o lema “Dare to care” (ousar no cuidado), este ano focaliza o cuidado com o meio ambiente e com as partes mais frágeis da sociedade no mundo inteiro. O Patriarca comentou: “Idéias e ação, teoria e prática”.  Espero que alguns jovens ortodoxos sejam incluídos neste projeto para colaborar com vocês para o bem da humanidade”.

©J. García – CSC Audiovisivi

No final da reunião, uma troca de presentes. A Presidente Maria Voce doou uma escultura representando a Virgem Maria com o Menino Jesus que estava na casa de Chiara Lubich na Suíça, e o Patriarca doou um ícone maravilhoso.

Fizeram parte da delegação que acompanhou o Patriarca, Sua Eminência Emmanuel, Metropolitano da França, Sua Excelência Cassianos, Igumen do Mosteiro de Chalki (Grécia), o Reverendo Iakovos, Diácono Patriarcal. Acompanhou-os Dom Andrea Palmieri, Subsecretário do Pontifício Conselho para a Unidade dos Cristãos.

Stefania Tanesini

Para ler a homilia de Sua Santidade Bartolomeu, Arcebispo de Constantinopla, clique aqui

 

 

 

3 Comments

  • Chiara ha avuto sempre un bel rapporto con il Patriarca di Costantinopoli, lo considerava il Padre maggiore insieme al Papà.
    Chiara ci ha insegnato a credere nel rapporto umano con tutti gli uomini di ogni razza e religione, a dire si alla vita , a sperare e a volare alto verso orizzonti che ci sovrastano, per costruire un mondo di pace e di fratellanza e fare dell’umanità una sola famiglia! È Utopia? No, e’ ideale da perseguire!

    • Credere nel unita. Vedere l unida. Vivere pessoalmente insieme com molti per l unita com l amore de Gesu. Que Bella lá vida qui um terra e lá nel cielo. Grazie Chiara

    • Deixe uma resposta

      O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *