Roma se torna “capital da paz”


Terça-feira, 20 de outubro, em Roma, o Encontro Internacional de Oração pela Paz entre alguns líderes de diferentes religiões promovido pela Comunidade de Santo Egídio. Presente também a Presidente do Movimento dos Focolares. Será possível seguir o evento via streaming.

“Estamos muito felizes que este encontro possa se realizar, porque existe necessidade de palavras de paz, de palavras de esperança, de palavras que indiquem um futuro para a humanidade tão transtornada por esta pandemia.” Com estas palavras Marco Impagliazzo, presidente da Comunidade de Santo Egídio apresentou a edição 2020 do Encontro Internacional de Oração pela Paz entre as grandes religiões mundiais, no espírito de Assis, promovido justamente por Santo Egídio.

O evento com o título “Ninguém se salva sozinho – Paz e fraternidade” se realiza hoje, 20 de outubro, em Roma (Itália) na praça do Capitólio e reúne líderes de diferentes religiões e representantes das instituições numa “Oração pela Paz”, um solene momento de reflexão que quer oferecer uma mensagem de esperança para o futuro.

Durante este encontro marcado haverá espaço para a oração, cada um segundo a própria tradição. Depois, os discursos dos líderes evidenciarão a contribuição das religiões na construção de um futuro melhor de paz e fraternidade, sobretudo agora que a pandemia está provocando uma grande crise econômica e social e que tornou todos mais pobres.

Também participará da manifestação a presidente do Movimento dos Focolares, Maria Voce.

O início está previsto para as 4h30min (horário de Roma) quando os representantes religiosos se reunirão para rezar em diversos lugares. A oração ecumênica dos cristãos se realizará na Basílica de S. Maria de Aracoeli (clique aqui para o programa).

A seguir, em torno das 5h20min, o encontro na praça do Capitólio. Durante a cerimônia, tomarão a palavra o presidente da República italiana, Sergio Mattarella, o fundador da Comunidade de Santo Egídio, Andrea Riccardi e, com uma vídeo-mensagem, a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen.

A seguir, os discursos do patriarca de Constantinopla, Bartolomeu I, do rabino Chefe da França, Rav Haim Korsia, do secretário geral do Comitê Superior da Fraternidade Humana, dr. Mohamed Abdelsalam Abdellatif, do ven. Shoten Minegishi (Budismo Soto Zen), do dr. Karmaljit Singh Dillon (Comitê Nacional Sikh Gurdwara Parbandhak), da sra. Divya Punchayil Prashoban (Hinduísmo) e, no encerramento, do Papa Francisco.

A cerimônia prosseguirá depois com um minuto de silêncio em memória das vítimas da pandemia e de todas as guerras, a leitura do apelo de paz 2020, que será entregue por um grupo de crianças aos embaixadores e aos representantes da política nacional e internacional, e o acendimento do candelabro da paz pelo Papa Francisco.

O Encontro de “Oração pela Paz” entre as religiões é transmitido integralmente ao vivo via streaming no site do evento e nos canais das redes sociais da Comunidade de Santo Egídio.

Lorenzo Russo

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *