Sherin Helmi: o ecumenismo na vida cotidiana

Le focolarine in visita dal Papa Copto-Ortodosso, Sua Santità Tawadros II


A experiência de Sherin, focolarina copta ortodoxa que todo dia experimenta que a unidade entre cristãos de Igrejas diferentes é possível.

A Igreja de amanhã seguirá “o exemplo da Santíssima Trindade, onde haverá a unidade numa única verdade e a variedade de todas as tradições; serão aspectos diferentes de uma única verdade”. Assim disse Chiara Lubich ao falar do caminho ecumênico rumo à unidade das Igrejas cristãs, num trecho do livro Uma espiritualidade para a unidade dos cristãos. Pensamentos escolhidos, editado por Cidade Nova. E Sherin Helmi, focolarina copta ortodoxa que mora no Cairo (Egito), concorda, aliás, sustenta que é possível experimentar a unidade entre cristãos de diferentes igrejas todo dia.

O que tocou você, na espiritualidade da unidade, quando conheceu Chiara e o Movimento dos Focolares?
“Descobri que o Evangelho vivido por um povo que tem um estilo de vida, uma língua e uma cultura nova, é fermento para uma humanidade nova. Que a fraternidade universal e a nossa vida não são compartimentos separados. Que é possível viver a fé 24 horas por dia e deixar-nos transformar por Jesus, para ser outro Ele, para que Ele mesmo viva entre o seu povo, segundo a promessa do Evangelho”.

Você pertence à Igreja Copta Ortodoxa. Fazer parte do Movimento dos Focolares, que nasceu de uma mulher católica e que é prevalentemente católico, levou você a um distanciamento da sua Igreja?
“Certamente não! Mas, talvez Deus nos prepare. Eu fui educada numa escola de freiras católicas, onde existia respeito e amor e eu não percebia nenhum conflito pelo fato de pertencer a outra Igreja. Fazendo parte do Movimento esta experiência se aprofundou e o meu coração abriu-se à toda a Igreja. Eu desejei inclusive conhecer mais em profundidade a Igreja Copta, para buscar a semelhança com a vida do Focolare, e descobri, por exemplo, que Santo Antônio, o Grande, convida todos os cristãos, enquanto irmãos, a “tornar-se uma só alma, com uma só vontade e uma única fé”. Com o passar do tempo eu quis me comprometer em viver pela unidade da família humana. Sentia uma grande gratidão por Chiara”.

O seu dia a dia é vivido junto com focolarinas católicas. O que significa construir a unidade com elas?
“Significa não ter medo de enfrentar as diferenças, que são uma oportunidade para amar, acreditando que isso constrói a unidade e nos leva a experimentar a presença de Jesus entre nós. Isso vale também com pessoas de etnias, condições sociais, convicções políticas diferentes: se pensamos que somos todos filhos de Deus Pai, então o outro é um irmão a ser amado”.

Para o Papa Copta Ortodoxo, Sua Santidade Tawadros II, o caminho de comunhão ente as Igrejas tem o seu cerne em Cristo. E os “caminhos” que conduzem a Ele são diálogo, estudo, oração, relação. O que significa, concretamente, buscar a unidade nestes campos?
“No Movimento, o diálogo ecumênico é compreendido como “diálogo da vida”: buscamos amar-nos reciprocamente na vida cotidiana, como Jesus fez. Depois, por meio do diálogo nos confrontamos sobre temas de fé, procurando aquilo que nos une. A Igreja Copta Ortodoxa dá uma grande importância à oração e ao jejum, então rezamos juntos, porque a unidade é um presente que somente Deus dá, e praticamos o jejum para que a alma transcenda o nível da matéria e se aproxime espiritualmente de Deus. Além disso, no Movimento existe um grupo de estudiosos que, em conjunto, aprofundam muitos assuntos, cada um segundo a perspectiva da própria Igreja. Fazem isso com uma atitude de amor mútuo, escuta, acolhida e respeito. E rezam para chegar a compreender qual é o olhar de Deus sobre as coisas”.

Claudia Di Lorenzi

3 Comments

  • A very strong experience on Ecumenism. I am humbled and encouraged to try to see Jesus in everyone regardless of their faith, race or colour.
    Father , May all be one! Chiara said, what you share you don’t lose. I will share to some one else, and try to live what I have read. Grazie.

  • Bellisimo que publiquen estos testimonios, los voy a enviar a mis amigos pastores de las distintas denominaciones cristianas.
    Gracias!!!

  • Thank you so much for this news which open our (rom.catholic…) hearts one for another.
    May our heaven Father see our little steps and sufferings and add it to the “blossoms of unity”
    so that the big dream of unity can be realized every daya little more

    • Deixe uma resposta

      O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *