Homens e mulheres de Deus em diálogo com todos


Após a Assembleia Geral do Movimento dos Focolares, realizaram-se assembleias de alguns de seus ramos: as e os focolarinos, os sacerdotes diocesanos que pertencem ao Movimento, as e os Voluntários de Deus. O tema comum foi uma orientação para o diálogo em todos os níveis.

De 24 de janeiro a 7 de fevereiro de 2021, realizou-se a Assembleia Geral do Movimento dos Focolares. Renovaram-se os cargos da Presidente, do Copresidente, dos órgãos de governo e definiram-se as linhas de orientação e ação para os próximos seis anos. Sucessivamente realizaram-se – todas na modalidade online – as Assembleias das focolarinas e dos focolarinos, dos sacerdotes focolarinos e das e dos Voluntários de Deus.

Focolarinas e focolarinos.
A Assembléia dos focolarinos, de 9 a 13 de fevereiro, foi composta por 121 membros espalhados pelos 5 continentes, incluindo um focolarino anglicano de Londres, um focolarino copta-ortodoxo do Cairo e um focolarino muçulmano da Argélia.

No seu relatório dos últimos seis anos, o Centro Internacional dos Focolarinos compartilhou com franqueza os desafios, os aspectos dolorosos e também os desenvolvimentos muito promissores em relação à vida dos Focolarinos no mundo. O documento final caracteriza o focolarino como um homem de Deus que escuta constantemente o grito da humanidade de hoje. Flavio Roveré, do Brasil, foi reconfirmado como o responsável mundial.

Ao mesmo tempo, 136 focolarinas encontraram-se em Assembleia. A partir da questão colocada pela líder cessante, Agnes van Zeeland, se não tenha chegado a hora de “sair” mais para o mundo e suas feridas, seguiu-se um diálogo muito participado. A nova líder, Noreen Lockhart (Grã-Bretanha), foi descrita pelo Co-Presidente Jesús Morán como “uma pessoa com o diálogo em seu sangue, acostumada a resolver conflitos”.

Sacerdotes focolarinos
De 1 a 5 de março, a Assembleia dos sacerdotes focolarinos foi realizada com 74 participantes, incluindo alguns convidados, tais como um ministro da Igreja Luterana-Sueca. Revendo as palavras-chave da Assembleia Geral 2014, “Sair – Juntos – Preparados adequadamente”, o responsável Padre Antonio Bacelar (Portugal) apresentou em seu relatório os passos tomados, os processos iniciados, as perspectivas a serem desenvolvidas, tais como a necessidade de agir cada vez mais em rede com todas as vocações do Povo de Deus. No documento final, que pretende ser “um mapa de navegação”, o diálogo baseado na escuta do Espírito Santo emerge como uma prioridade. O Padre Bacelar foi reeleito para um segundo mandato como diretor central dos sacerdotes focolarinos.

Voluntários e voluntárias de Deus
De 17 a 21 de março realizaram-se as duas Assembleias das e dos Voluntários de Deus com um total de 356 participantes presentes online.

As palavras “coragem e futuro”, dirigidas pela nova presidente dos Focolares, Margaret Karram, às duas Assembléias, destacam a vocação particular dos Voluntários para enfrentar os desafios futuros da humanidade para mudar o mundo de acordo com “a lei” do amor evangélico.

O ponto de partida para os dois documentos finais foi o convite do Papa Francisco à Assembleia Geral para “ser uma expressão viva do carisma do fundador e permanecer fiel à fonte original, esforçando-se para repensar e expressá-lo em diálogo com as novas situações sociais e culturais”.

Juan Ignacio Larrañaga, voluntário da Espanha, e Fanny Bava, da Itália, foram eleitos como novos líderes.

Lorenzo Russo

1 Comment

  • Mi piacerebbe che in ogni focolare insieme alla comunità si parli di come attuare quel “essere in uscita” che ci chiede Papà Francesco. Concretamente, nel proprio territorio e con mentalità aperta a nuove situazioni e l’umiltà di imparare senza essere autoreferenziali.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *