Semana “Laudato Si’” 2021


De 16 a 25 de maio de 2021, o evento contará com a participação de mais de um bilhão de pessoas do mundo todo para testemunhar que ainda pode-se fazer algo pelo planeta.

No último dia 9 de maio, no encerramento da Semana Mundo Unido, os Jovens por um Mundo Unido do Movimento dos Focolares lançaram uma nova ação para o próximo ano, 2021-2022: #daretocare pelas pessoas e pelo planeta, propondo uma “conversão ecológica” por meio de iniciativas que possam envolver associações, entidades, instituições, e também por meio dos nossos gestos simples do cotidiano, para romper a lógica da violência, da exploração, do egoísmo, típica da cultura do descarte. O Movimento dos Focolares é parceiro do Global Catholic Climate Movement (Movimento Católico Global pelo Clima) e colaborador de associações, entidades, organizações, instituições, movimentos de Igrejas diversas e com várias religiões e culturas pelo cuidado do planeta. Uma rede global de pessoas que têm o cuidado pelo planeta no coração.

No ano passado, o Papa Francisco lançou a Semana Laudato Si’ no 5° ano da encíclica sobre o meio ambiente. No final, Francisco anunciou o Ano Especial Laudato Si’ para aprofundar a encíclica sobre ecologia, marcando a data da próxima “Semana Laudato Si’” de 16 a 25 de maio de 2021, que coincide com o sexto aniversário (24 de maio) da encíclica.

O evento é organizado pelo Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral juntamente com Renova, CIDSE, Caritas Internationalis, Jesuítas – Companhia de Jesus, União Internacional das Superioras Gerais, JPIC – Cúria Geral dos Franciscanos OFM, União dos Superiores Gerais U.S.G. e facilitado pelo Movimento Católico Global pelo Clima em colaboração com cerca de 150 organizações católicas, entre as quais, o Movimento dos Focolares.

O objetivo é amadurecer uma conversão ecológica, sobretudo por meio do diálogo, e também está previsto um evento no qual haverá intervenções de líderes religiosos de países do mundo todo, inclusive daqueles devastados pela pandemia da Covid-19, como Índia, Estados Unidos e Filipinas.

A “Semana Laudato Si’” também servirá para planejar ações futuras em vista da Conferência das Nações Unidas sobre a Biodiversidade (COP 15), a 26ª Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas (COP 26), e para a próxima década.

A “Semana Laudato Si’” terá um programa rico de ações, videoconferências e testemunhos para dialogar, compartilhar opiniões, propor ações concretas para o planeta. O tema é “Porque sabemos que as coisas podem mudar” (Laudato Si’ 13), para evidenciar a esperança no mundo de que ainda é possível fazer algo para inverter a rota.

A Semana mostrará ainda o impacto transformador da “Laudato Si’” na educação mundial e prevê o festival “Canções para a Criação”, a jornada de ações mundiais e o lançamento da Plataforma de Iniciativas “Laudato Si’”.

Todos os eventos mundiais terão tradução simultânea em inglês, espanhol, italiano, português, polonês e francês. Líderes de várias religiões de todo o mundo, palestrantes e autores de fama internacional, mais de um bilhão de pessoas se reunirão para celebrar a conclusão do Ano Especial Laudato Si’ no fim deste mês.

“Em um momento em que o grito da terra e o grito dos pobres se tornam cada vez mais intensos, a ‘Semana Laudato Si’’ é a oportunidade perfeita para cuidar da nossa casa comum”, afirma Tomás Insua, diretor executivo do Movimento Católico Global pelo Clima. “O tempo está correndo. Todos são convidados e esperados para participar da celebração e ação por meio de atividades locais, eventos online e muito mais.”

Lorenzo Russo

2 Comments

  • Sia lodato Nostro Signore. Con il Suo aiuto tutto è possibile. Io ho problemi di salute ma il mio cuore è pieno di amore. Preghiamo per tutti coloro che non hanno ancora trovato la Sua luce.

  • Sono molto colpita dl’ impegno del Papa e sono con lui lo sostengo per tutto questo impegno voglio condividerlo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *