Margaret Karram: “Comprometo-me, em nome do Movimento dos Focolares, a responder com ações, com escuta, acolhimento e medidas de prevenção, às recomendações finais enunciadas pela investigação independente”.

O Movimento dos Focolares anuncia os resultados da investigação realizada por um organismo externo e independente sobre os casos de abuso sexual que envolveram JMM, um ex-membro consagrado do Movimento dos Focolares na França.

Em 23 de dezembro de 2020, a investigação foi confiada pelo Movimento dos Focolares à empresa britânica GCPS Consulting, uma entidade independente, cuja missão foi sempre ajudar as instituições a melhorar os seus sistemas de prevenção e de denúncia dos abusos. Para assegurar a integridade, qualidade e fiabilidade do processo de investigação e dos seus resultados, o Movimento dos Focolares nomeou também Alain Christnacht, um antigo alto funcionário francês, como supervisor independente, sem qualquer ligação com o Movimento.

A pedido das vítimas, o Movimento dos Focolares confiou a investigação a uma comissão independente seguindo o mesmo espírito da Conferência Episcopal Francesa, que, em Fevereiro de 2019, tinha encarregado a CIASE de proceder a uma averiguação sobre toda a Igreja Católica Francesa com o objetivo exclusivo de colocar as vítimas no centro das prioridades e do trabalho da investigação.

O organismo independente recebeu testemunhos que cobrem o período entre 1958 e 2020 e mostram claramente que JMM foi responsável por abusos de diversos níveis a pelo menos 26 vítimas.

A GCPS Consulting resume da seguinte forma o trabalho feito para a investigação:

“Escutar as vítimas foi uma das principais tarefas, bem como uma parte desafiante do processo, tanto para as vítimas como para a equipa de inquérito, mas é o elemento mais importante.

O relatório descreve acontecimentos ao longo de cinco décadas em que JMM abusou ou tentou abusar sexualmente das suas vítimas, principalmente rapazes adolescentes, descrevendo o seu modus operandi e também o contexto em que os abusos ocorreram.

A investigação ouviu outras vítimas de abuso, alguns sexuais e outras formas de abuso, de um número significativo de vítimas e testemunhas.

O facto de o abuso ter sido prolongado e não ter sido contrastado, mesmo quando foi denunciado aos responsáveis e às pessoas com cargos de responsabilidade, é também objeto do relatório. Foi solicitado à Investigação que examinasse o grau de conhecimento dos responsáveis naquela época e dos responsáveis sucessivos, e que se avaliasse como estes acontecimentos foram tratados. O relatório detalha como as denúncias não tiveram uma resposta apropriada, as vítimas não foram ouvidas, não foram tratadas adequadamente, e como se perderam as oportunidades de contrariar os abusos de JMM e de prevenir incidentes subsequentes.

Finalmente, o relatório descreve detalhadamente como o Movimento dos Focolares implementou mais recentemente medidas de proteção e faz uma série de recomendações para reforçar o ambiente de salvaguarda, incluindo as relacionadas com mudanças fundamentais a nível cultural e de liderança”.

Depois de ter examinado o relatório, Margaret Karram, Presidente do Movimento dos Focolares, declarou:

Não há palavras adequadas para expressar o choque e a dor que sinto pelo mal que foi feito às crianças e aos adolescentes pelo JMM e – devo dizer isto com grande sofrimento – não apenas provocado por ele, como emerge das conclusões da investigação”.

Ao dirigir-se às vítimas, acrescentou: “Neste momento, os meus pensamentos e as minhas palavras dirigem-se a vós que sofrestes um crime muito grave que, em muitos casos, arruinou a vossa vida.

A TODAS E A TODOS E A CADA UMA E A CADA UM DE VÓS PESSOALMENTE,
JUNTAMENTE COM O CO-PRESIDENTE JESÚS MORÁN,
E EM NOME DO MOVIMENTO DOS FOCOLARES,
PEÇO HUMILDEMENTE PERDÃO

Temos de reconhecer que apesar do bem que o Movimento tem feito ao longo da sua história, nesta área não conseguimos estar vigilantes, escutar e acolher o grito de muitos a pedir ajuda. Isto não pode acontecer daqui para a frente e está em total contradição com os valores que o Movimento dos Focolares com a sua espiritualidade cristã é chamado a viver.

Comprometo-me, em nome do Movimento dos Focolares, a responder com ações, com escuta e acolhimento, com medidas de prevenção às recomendações finais enunciadas pela investigação independente”.

Mais do que nunca, o Movimento dos Focolares está decidido a garantir que as suas comunidades em todo o mundo sejam ambientes seguros e de enriquecimento mútuo. Como o inquérito do GCPS evidencia, em 2011 o Movimento iniciou uma avaliação profunda das medidas para prevenir os abusos e proteger as pessoas. Essas medidas foram revistas em 2014, em 2020, e serão ulteriormente atualizadas após o estudo aprofundado dos resultados deste inquérito.

O Movimento dos Focolares informou a Conferência Episcopal Francesa e o Dicastério dos Leigos, da Família e da Vida sobre a publicação do relatório.

A principal preocupação do Movimento é contribuir o melhor possível para o processo de recuperação das vítimas, incluindo uma indemnização financeira se necessária e solicitada.

É por isso que, por recomendação da Igreja em França, o Movimento dos Focolares pediu à “Commission indépendante de reconnaissance et de réparation” (CRR) – um organismo multidisciplinar composto por peritos da sociedade civil e criado pela CORREF (Conférence des Religieux et Religieuses de France) – para acompanhar as vítimas que assim o desejem no seu percurso de recuperação. As vítimas podem desde já contactar esse organismo.

E-mail : victimes@crr.contact – Tel: 09 73 88 25 71
Website: https://www.reconnaissancereparation.org

A fim de cumprir o seu compromisso para com as vítimas de JMM, o Movimento tinha iniciado há alguns meses um procedimento de apoio psicológico coordenado pelo Dr. Alexis Vancappel. Este procedimento será mantido para as vítimas que já usufruem deste serviço.

O Movimento dos Focolares informa que nas próximas semanas dará a conhecer as ações e as medidas que pretende implementar para responder às recomendações expressas no relatório.

Os resultados do inquérito são publicados na íntegra e acessíveis a todos no site do GCPS Consulting e nas páginas francesas e internacionais do Movimento dos Focolares. Neste momento o inquérito está disponível em inglês, francês e italiano, e mais tarde em alemão, espanhol e português.

Stefania Tanesini

Investigação independente (texto integral)

Relatório do supervisor Alain Christnacht

Carta da Presidente e do Co-Presidente do Movimento dos Focolares aos membros do Movimento dos Focolares em França

19 Comments

  • Sí, es un profundo dolor para todos por éste enorme daño moral y psicológico a éstas personas que en buena fe confiaron en él como en los miembros de la obra allí en Francia. Esto nos hace estar más atentos para evitar que éstas cosas se vuelvan a repetir y que en los procesos de selección vocacional haya un gran filtro sobre los postulados para corroborar la madurez psicoafectiva e incluso la historia personal y familiar del postulado. En razón a que comporta una gran responsabilidad tanto para esa persona como para la obra que lo acoge y lo acompaña en su vocación de servicio a Dios a través de la la vida de unidad y en comunidad

    • English: Yes, it is a deep pain for everyone for this enormous moral and psychological damage to these people who in good faith trusted him as the members of the work there in France. This makes us more attentive to prevent these things from happening again and that in the vocational selection processes there is a great filter on the postulates to corroborate the psycho-affective maturity and even the personal and family history of the postulate. Because it entails a great responsibility both for that person and for the work that welcomes him and accompanies him in his vocation of service to God through the life of unity and in community

  • Estou unida a nossa presidente Margareth
    Que tudo seja feito sobre o amor misericordioso do pai

  • Este procedimento é muito importante para todos nós, e pedimos profundamente as nossas desculpas para todas as vítimas.
    Em unidade com Margareth e Jesus.

    • English: This procedure is very important to all of us, and we deeply apologize to all victims.
      In unity with Margaret and Jesus.

  • Esprimo sconcerto e profondo dolore per quanto accaduto. Mi unisco alla richiesta di perdono che la lettera esprime, col desiderio di un profondo necessario cambiamento.

    • I express bewilderment and deep sorrow for what happened. I join the request for forgiveness that the letter expresses, with the desire for a profoundly necessary change.

    • English: Thank God, Focolare is taking the necessary measures, including psychological support for the victims.

  • Me uno a nossa Presidente e todos os membros da Obra neste momento de dor e principalmente de reconhecer e investigar este tipo de dano ocorrido, ação que vai totalmente contra tudo aquilo que pregamos e vivemos.
    De suma importância para com as vítimas neste processo. Que não se repita e aprendamos com esta dor.
    Infelizmente está presente em todos os grupos da sociedade, vivemos o bastante para testemunhhar o ideal de Chiara que não seja manchado por ações deste tipo.
    Obrigada Margareth e Jesus Moran pela fidelidade incondicional e genuína.
    Confiamos em vocês.
    Que Deus nos ajude.

    • English: I join our President and all the members of the Work in this moment of pain and especially to recognize and investigate this type of damage that has occurred, an action that goes totally against everything we preach and live.
      English: Of paramount importance to the victims in this process. May it not happen again and let us learn from this pain.
      Unfortunately, even if it is present in all groups of society, we have lived long enough to witness Chiara’s ideal that is not tarnished by actions of this type.
      Thank you Margaret and Jesus Moran for unconditional and genuine fidelity.
      We trust you.
      God help us.

  • Agradezco a las autoridades actuales del Movimiento de los Focolares por el esfuerzo que están realizando para llegar al fondo de los acontecimientos acaecidos a lo largo de todos estos años, sabemos que ninguna acción será suficiente para restituir estas vidas truncadas, aún así confiamos que todas estas medidas puedan ayudar a sanar y superar los daños sufridos. Como miembro del movimiento y como cristiana me uno al pedido de perdón por todo lo sucedido y ruego al Señor de los Amores que sane vuestras profundas heridas.

    • English: I thank the current authorities of the Focolare Movement for the effort they are making to get to the bottom of the events that have taken place over all these years, we know that no action will be enough to restore these truncated lives, even so we trust that all these measures can help heal and overcome the damage suffered. As a member of the movement and as a Christian, I join the request for forgiveness for everything that happened and I pray to the Lord of Loves to heal your deep wounds.

  • Thank you for publishing this report. I would suggest not to prefix the report with JMM in order to respect the victims…

  • I join in prayer with all, victims and their families, leadership of Focolare, worldwide members for continued humility and openness to Holy Spirit. May we worldwide members become aware, acknowledge publicly the report made and join Focolare president in asking forgiveness and not repeat what is called minimizing the report or sweeping the report under the rug. We move forward and hope for regular psychological testing of all consecrated members early on and before intervals of vows and be afforded appropriate guidance to leave or get treatment. Mary desolate, our Lady of sorrows be with all.

  • Where is the report published? What we have on this website is are links to a short summary report and a summary by Alain Christnact. I may have missed it but was led to believe that the full report was being published on the International Focolare website. Could you please provide an easily accessible, highly visible link to the actual report. Thanks.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.