O mandamento novo de Jesus, o amor ao irmão, é a proposta da Palavra de vida do mês de maio de 2022. É um caminho no qual podemos progredir a cada dia e encontrar a plenitude da mensagem de Jesus.

“Toda a lei encontra a sua plenitude num único preceito: amarás a teu próximo como a ti mesmo”. (Gl 5, 14). Esta Palavra é de Paulo, o apóstolo; uma frase breve, estupenda, lapidar, clarificadora.

Ela nos indica qual deve ser a base do comportamento cristão, aquilo que deve sempre inspirá-lo: o amor ao próximo.

O apóstolo vê na prática deste mandamento a plena atuação da lei. Esta, de fato, manda não cometer adultério, não matar, não roubar, não desejar… E se sabe que quem ama não faz nada disso – não mata, não rouba…

Todavia, a pessoa que ama não só evita o mal, mas se abre aos outros, quer o bem, pratica o bem, e chega até o ponto de dar a vida por quem ama.

Justamente por isso, Paulo escreve que amando ao próximo não só se cumpre a lei, mas se chega à “plenitude” da lei.

(…)

Se toda a lei está contida no amor ao próximo, é preciso ver os outros mandamentos como meios para nos iluminar e guiar a fim de que saibamos encontrar, nas complexas situações da vida, o caminho para amar aos outros; é preciso saber descobrir nos outros mandamentos qual é a intenção de Deus, a sua vontade. Ele quer que sejamos obedientes, castos, mortificados, mansos, misericordiosos, pobres… para concretizarmos melhor o mandamento da caridade.

Chiara Lubich

(Chiara Lubich, in Parole di Vita, Città Nuova, 2017, pag. 263/4)

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.