Na Colômbia trabalha-se por um Mundo Melhor


Colômbia, ao lado de tantas riquezas naturais é também um país com graves chagas sociais, entre estas a forte desigualdade entre poucos ricos e muitos pobres, numerosas famílias obrigadas a deixar suas casas e cidades por causa da violência, milhares de casos de abuso de menores…

A fundação Mundo Melhor, organização sem fins lucrativos, surgiu em Medelín, em 1996, de um grupo de pessoas do Movimento dos Focolares que encontraram no carisma da unidade a força para enfrentar as emergências sociais que viam ao seu redor. Não podiam ficar indiferentes diante dessas realidades, ao contrário, procurando viver a espiritualidade de Chiara Lubich nasceram respostas concretas: diversos projetos sociais que integram ação e reflexão.

O programa de assistência à infância, por exemplo, oferece educação integral a crianças de 2 a 5 anos em condições de vulnerabilidade.

O programa de integração social dá assistência aos indígenas procurando construir alternativas e projetos que permitam inseri-los no tecido social e no mundo do trabalho. Nessa mesma direção vai o programa de inserção no mundo do trabalho, com a oferta de uma formação profissional e de assistência nas localidades de proveniência.

O programa sobre direitos humanos desenvolve estratégias para reforçar o exercício dos principais direitos das crianças e suas famílias.

Atualmente a Fundação tem 155 empregados, entre nutricionistas, psicólogos, professores e pessoal administrativo, auxiliando cerca de 2 mil crianças e 400 moradores de rua.

Steve Carty e sua esposa, Sandra – peruanos, com dois filhos – dedicam-se em tempo integral a este trabalho educativo e social. “O nosso desafio transcende o ativismo – afirma Steve – porque compreendemos que a primeira grande revolução social nasce no coração de cada pessoa”.

Hoje a Fundação Mundo Melhor é uma instituição reconhecida como um válido interlocutor pelo mundo político, artístico, social e esportivo; é parceira de outras organizações que a escolheram pela sua transparência e atenção ao outro, no espírito da fraternidade. Recebeu reconhecimentos importantes da prefeitura de Medelín, das autoridades regionais e do Senado da República da Colômbia.  Recentemente assinou um acordo com o Clube UNESCO Heritage, com sede em Valencia, na Espanha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *