“Deixem que as crianças venham a mim”. Estas palavras de Jesus foram sempre muito vivas no Movimento, onde as crianças tem um lugar privilegiado. As crianças – os gen 5 até 4 anos e os gen 4 até 9 anos – compreendem a novidade da espiritualidade de comunhão, transmitida a eles através de meios adequados à sua idade, de modo imediato, a acolhem com generosidade e profundidade.

São cativados pela vida de Jesus e colocam em prática as suas palavras, especialmente por meio da Palavra de Vida para crianças.

O dado do amor tem em cada lado um ponto da “arte de amar”: amar a todos, ser os primeiros a amar, ver Jesus no outro, amar o inimigo e amar-se reciprocamente, e já se tornou famoso. “Você joga de manhã – um deles explica – e a frase que cai deve viver o dia inteiro”.

As crianças falam dessa vida aos colegas da escola, aos seus amigos e parentes. Já existem classes e até escolas inteiras, grupos paroquiais e projetos educativos, que assumiram o “dado” como percurso formativo.

Com encontros, atividades e através do Noticiário gen 4, eles entram em contato com jovens e adultos de nações, culturas e religiões diferentes, e desde pequenos fazem a experiência de que são filhos de um único Pai, irmãs e irmãos entre si. E desabrocha neles a sensibilidade para com os mais necessitados, próximos e distantes, que os leva a colocar em prática a “cultura da partilha”.

São verdadeiras testemunhas daquilo que Chiara lhes disse: “Quando amamos somos felizes, e se amamos sempre somos sempre felizes!”. 

Galeria de fotos

Fatos de vida

Um lugar para Jesus no Natal

Um lugar para Jesus no Natal

«Aproxima-se o Natal e as ruas da cidade cobrem-se de luzes. O mundo dos ricos apoderou-se do Natal e desalojou Jesus!» Estas palavras de Chiara Lubich fizeram surgir uma iniciativa das crianças do Movimento dos Focolares, a qual se repete todos os anos.

[ler tudo]
Congo: um rap pela paz

Congo: um rap pela paz

Em Kinshasa, na República Democrática do Congo, duas mil crianças se tornam mestres com o seu grito de paz. É o que nos conta Martine, que acompanhou esta ação.

[ler tudo]

Artigos

12345...»